Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Coluna

Adolescentes são vistos dentro da academia, treinando!

Você leva uma vida sedentária? Acompanhe as importantes dicas da personal trainer Patrícia Alessi e altere seu corpo e sua mente.

Um dos públicos que são mais “rotulados” como: preguiçosos, insatisfeitos com tudo e todos, dificuldade em se relacionar são os adolescentes.

Mal sabemos que essa fase é a mais ‘complicada’ na vida de qualquer pessoa, porque estamos em uma constante mudança. Eu e muitos de vocês já passaram por isso, então, assim como qualquer fase, é importante aproveitar cada minuto, principalmente com saúde e disposição.

Incentivar que seu filho pratique exercícios físicos não é somente pensando na sua vida atual e sim grandes chances de se tornar um adulto ativo fisicamente. Hábitos adquiridos nesta fase, tendem a continuar na fase adulta, evitando assim muitos adultos obesos.

Como todos percebem, nossas vidas passaram e ainda passam por diversas mudanças. Uma delas é o jeito de viver hoje em dia. Se fizermos uma análise, rapidamente vamos encontrar maneiras diferentes em que cada um de nós viveu cada fase da sua vida. Bem possível que nossos pais nem sabiam o que era celular quando eles tinham 15 anos e hoje, crianças com 9, 10 anos já falam em iphone, s8, s9 e que muitos adultos mal sabem a diferença. Essa tecnologia toda “prejudicou” muito o crescimento e o desenvolvimento também dos adolescentes que a um tempo atrás jogavam futebol na rua até mais tarde e hoje, saem de casa para a escola, porque seus pais levam de carro. (Não é uma regra isso, estou fazendo apenas uma comparação).

Vale muito lembrar que quando um adolescente está se movimentando, seja ele na academia ou praticando algum esporte, este adolescente melhora tanto no relacionamento com seus colegas, família e é claro, evita (em alguns casos) o tempo gasto jogando videogame, horas sentadas na frente da TV ou até mesmo no celular.

Praticar exercícios físicos regulares nessa fase é importante para melhor a força, resistência, coordenação muscular, melhora da flexibilidade, melhor controle da postura, controle do peso (evitando o sobrepeso e obesidade ao longo prazo).

Esta semana trago minhas alunas queridas e dedicadas Gabriella Lorrany Nascimento Silva de 14 anos e Maria Viviane Fraga da Silva Carvalho de  17 anos para contar uma pouco da rotina delas e de como os exercícios físicos auxiliam em suas vidas. As duas fazem aula na academia que eu trabalho.

Gabriella começou a se exercitar aos 11 anos e realizava exercícios aeróbicos. “É uma maneira de manter uma vida ativa e saudável, com benefícios tanto na saúde como no nosso físico”. Ela comenta que antes não praticava nada e nem via necessidade também, mas desde que voltou a praticar os exercícios físicos, ela tem se sentido muito melhor, não só fisicamente como mentalmente. Dorme melhor, acorda mais disposta, e está mais resistente para coisas que antes se cansava rápido. “Quando eu não consigo ir, sinto que está faltando algo no meu dia, me sinto mal por ter perdido o treino pois já se tornou algo da minha rotina”.

Veja também:  Ela sabe muito bem ensinar, mas dessa vez, ela teve que aprender!

Para encerrar, Gabriella incentiva a todos os adolescentes a também praticar exercícios físicos. “Quanto mais cedo nós adolescentes procurarmos cuidar de nós mesmo, mais nossas vidas vão ser ativas e saudáveis, espero que não procurem fazer exercícios para se sentirem bem só fisicamente, mas que entendam que é algo importante pra nossa saúde mental e física”.

Minha outra convidada é Viviane, que começou a se exercitar uma pouco mais tarde, ela já estava com 14 anos quando iniciou os exercícios na musculação, mas atualmente ela pratica CrossFit e ginástica. Exercícios físicos para ela é: Um desafio, onde eu consigo me desafiar cada dia mais, onde eu encontro meus limites e me faz bem”.  Quando Viviane não consegue ir para a academia, ela se sente mal e culpada por quebrar mais um desafio.

A mensagem que ela deixa para quem ainda não pratica é a seguinte: “Exercício físico regular em idade escolar ajuda na concentração e fixação dos conteúdos, desenvolve melhor o raciocínio lógico e a memória, proporciona reflexos mais apurados e maior foco na realização de atividades escolares e nos dá mais disposição”.

Para iniciar os exercícios, é importante sempre buscar ajuda de profissional de educação física, seja na academia ou se for praticar algum esporte. Nunca se exercite em algum lugar que tenha riscos de lesão ou que seja seguro.

Busque uma atividade que você goste de fazer e inicie realizando 2 a 3 vezes na semana em dias alternados.

É importante também que os pais incentivem os filhos a não desistirem de praticar exercícios físicos, por isso, fazer uma caminhada, andar de bicicleta em família é a melhor maneira de incentivo e motivação.

Além dos exercícios, manter uma alimentação saudável é fundamental nessa fase, para que esses hábitos continuem na vida adulta como já comentei.

Para finalizar, quero agradecer a participação da Gabriella e da Viviane nesta semana, em dividir suas experiências. Para dúvidas e comentários, deixe uma mensagem abaixou ou mande mensagem no (94) 992403589 que eu vou responder.

Deixe uma resposta