Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Coluna

“Iris fitness”: Uma paixão que virou negócio

Você leva uma vida sedentária? Acompanhe as importantes dicas da personal trainer Patrícia Alessi e altere seu corpo e sua mente.

Atualmente, muitas pessoas estão desempregadas e lutando diariamente para pagar suas dívidas e de maneira geral “sobreviver”.

Ser dono(a) do seu próprio negócio é uma opção que cada vez mais cresce no cenário brasileiro. Gostar do que faz, conhecer o seu produto e trabalhar pesado, com certeza será um sucesso. Muitos vão dizer que é sorte, eu prefiro dizer que sucesso é muito além de sorte, é trabalho duro, dedicação e persistência.

Estou comentando sobre amor e dedicação ao seu negócio próprio, pois foi dessa maneira que a minha convidada dessa semana fez. Juntou a paixão pelo “fitness” e montou seu próprio negócio.

Para falar um pouco sobre sua vida, trago a experiência da Irislene Oliveira, autônoma e estudante de nutrição de 42 anos. “Iris Fitness” como é mais conhecida na cidade, juntou sua paixão pela academia e treino com seu outro amor, “moda fitness” para trabalhar.

 

Começar o seu próprio negócio requer muita coragem, principalmente quando o seu produto é uma “tendência”, ou seja, pode ser que você tenha muitas vendas e sucesso, como pode ser que você não venda e feche sua empresa. No caso da Iris, ela garantiu o sucesso por ser um produto novo no mercado e que para a cidade era novidade.

“Ser mulher, ter o perfil para vender a minha mercadoria e treinar foi a chave para o meu sucesso. Um fato que abriu portas e que me ajudou muito no começo foram que as roupas e produtos que eu vendia eram novidades. As mulheres estavam querendo aqueles produtos no momento em que o fitness estava começando se expandir, estava começando uma revolução na moda fitness. As pessoas estavam saindo do contexto de usar uma roupa mais básica e começando a usar roupas para treinar”. Iris comenta que as mulheres queriam estar bonitas também para treinar, se sentirem arrumadas para ir para a academia. Além do incentivo para as mulheres cuidarem da sua aparência e vestimenta dentro da academia, elas passaram a se incentivar a trabalhar com isso também, a não depender do marido, ter sua própria renda, própria independência. Foram esses os principais motivos que me ajudaram no sucesso da minha empresa, tanto no começo como ainda é hoje.

Eu não posso deixar de comentar a respeito sobre o “padrão de beleza” imposta pela sociedade. Uma mulher só é “bonita” se vestir 36 e ter aquele abdômen definido e que deixe seu corpo exposto em capas de revistas e redes sociais. Mas, todos sabemos que essa não é a realidade das mulheres brasileiras e que muitas delas mal tem tempo para cuidar de si mesma, devido ao grande número de compromissos e por condições financeiras.

Esse padrão de beleza acaba influenciando muitas mulheres, pois o tempo todo está tendo propagandas de roupas, acessórios, equipamentos, medicamentos, para que as mulheres cheguem ao “corpo perfeito”.

Iris comenta que “no decorrer de todos os anos, eu encontro clientes de todas as formas, mas a maioria são mulheres com a autoestima baixa. De uma certa forma eu tento ajuda-las a mudar essa condição atual pois é uma questão de saúde. Quando eu estou na casa da cliente, eu busco sempre dar dicas e elas acabam querendo saber mais coisas do meu dia a dia, fazendo com que elas se inspirem em mim”.

Para ela, contar um pouco da sua vida e do seu estilo de vida acaba influenciando muitas mulheres a se cuidarem também. Algumas iniciam a partir do meu incentivo, outras começam mais tarde. “O meu incentivo maior é que elas se amem, que cuidem da saúde, do corpo. Mais tarde, esse incentivo a mudar atinge toda a família não só a dona de casa”.

Ao perguntar para a Iris: “O que seria da Iris sem academia e sem treino?”

Veja também:  5 maneiras de não engordar no Natal e Ano Novo

Iris comenta “Eu não saberia te dizer quem é a Iris sem treino e sem academia porque desde os meus 15 anos a minha rotina é essa, meu estilo de vida é esse. Eu não ingressei nessa vida por modismo”. Para ela, treinar, se alimentar bem é como escovar os dentes, é como tomar banho, pentear o cabelo, faz parte da rotina.

“Durante todo esse tempo, se eu deixei de treinar 30 dias foi muito. Para mim não tem férias, não tem natal, não tem réveillon, a não ser que a academia esteja fechada mesmo. Eu gosto de ir”. Ela termina dizendo que “A Iris sem academia e sem treino é a Iris quando criança”.

Para que você faça da sua vida um estilo de vida melhor, mais ativo e saudável, para que você tenha a mudança que tanto deseja, é importante buscar ajuda sempre de profissionais. “Que as pessoas procurem fazer atividade física quanto se alimentar melhor sempre com ajuda de profissionais capacitados para isso. Profissional de Educação Física e Profissional da Nutrição e que não façam de qualquer forma ou por entusiasmo ou modismo ou para estar bem no verão, bem no carnaval”.

Hoje em dia é muito comum fazer e até mesmo copiar umas das outras. Muitas mulheres querem ter a roupa de uma “famosa”, querem ter o corpo daquela outra “cantora” e acabam tendo algumas atitudes para terem resultados no seu corpo a curto prazo, sem mesmo entender as consequências.

Para Iris, hoje em dia, “as pessoas têm que saber respeitar sua idade pois cada pessoa é única, tem suas particularidades e que elas não queiram ter o corpo do outro, não queiram a dieta do outro, não queiram fazer o treino que viu no vídeo, pois cada pessoa tem que ser acompanhada de acordo com sua necessidade, finaliza Iris.

A cada ano que se passa, várias mudanças acontecem no modo de viver, no modo de se vestir, nos alimentos e que nós precisamos cada vez mais acompanhar e principalmente manter os hábitos de alimentação saudável e exercícios físicos para que essas mudanças não afetem de maneira negativa nossa saúde.

“Mais cedo ou mais tarde você vai precisar fazer algo pela sua saúde, quanto mais cedo a gente começar, melhor, e não deixar para tomar essa atitude quando você já estiver com diabetes, hipertensão, colesterol alto. Quem ainda não tomou essa atitude de mudar, que comece o quanto antes”.

Uma questão que muitas pessoas deixam de lado, cada uma com seus motivos é a nossa saúde espiritual. “As pessoas precisam se amar mais. Se amar mais significa cuidar do seu corpo, cuidar da sua saúde e não esquecendo do espiritual também. No final não tem como não dar outro resultado: saúde, disposição e longevidade” comenta Iris.

A cada dia que passa, eu fico muito feliz em trazer as histórias das pessoas, que assim como eu, assim como você tem as suas dificuldades de trabalho, de estudo, de falta de tempo, mas que mesmo com todas os obstáculos elas pensam na sua saúde, na própria saúde.

É essa dica que eu quero finalizar a participação da Iris, um show de ensinamentos.

Quero agradecer a participação da Iris em contar um pouco da sua história e espero que você comece os cuidados com seu corpo e sua saúde hoje mesmo.

Se ao terminar de ler a matéria e você está com dificuldade por onde começar, peço que me mande uma mensagem no meu WhatsApp (94) 99240 3589, vamos conversar que eu vou te ajudar!

Uma excelente semana a todos e bons treinos!!

Deixe uma resposta