Saúde intensifica vacinação de cães e gatos em Jacundá

Diante da baixa procura no Dia D, equipes da Vigilância em Saúde estão se deslocando até os bairros a fim de imunizar os animais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Mais de 4 mil doses de vacinas antirrábica destinadas para o município de Jacundá, no Sudeste do Pará, estão sendo aplicadas por meio de um sistema itinerante. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) detectou baixo comparecimento no Dia D da campanha, realizada no dia 23 do mês passado, e decidiu estender a vacinação de cães e gatos.

Desde o início do mês, uma equipe da SMS, por meio da Vigilância em Saúde, está fazendo a imunização em pontos estratégicos montados nos bairros. Amanhã, quarta-feira (10), por exemplo, a equipe estará no Bairro Centro: na Praça Inácio Pinto e também na Igreja São João Batista. No dia 11 será a vez do Bairro Cidade Nova. E na sexta-feira (12) serão atendidos os moradores do Boa Esperança.

Foram destinados para a campanha de vacinação o total de 4.025 doses. “E essa cobertura vacinal é muito importante, pois evita a raiva, que é uma doença letal e precisamos garantir nossa proteção através da vacinação de cães e gatos”, explica Lícia Souza, coordenadora do Departamento de Vigilância em Saúde.

Casos

Neste ano, foram já notificados 77 casos de pessoas vítimas de mordidas de cães e gatos. N o ano passado foram registradas 130 ocorrências; em 2019, outras 146. Desde 2009, quando os casos passaram a ser notificados pelo Ministério da Saúde, o município de Jacundá registrou 3.287 ocorrências.

(Antonio Barroso)