Ladrões fazem o Carnaval na Unidade Regional de Educação de Tucuruí

O prédio foi invadido durante os dias de folia, quando não havia vigilantes, e os gatunos levaram desde computadores até gêneros alimentícios
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil em Tucuruí investiga um caso de furto ocorrido na 16ª Unidade Regional de Educação, com base naquela cidade. O crime teria acontecido durante o período de carnaval, quando o órgão permaneceu fechado, e foi descoberto no início da noite de terça-feira (5). Equipamentos de informática e gêneros alimentícios foram levados do interior do prédio.

Para entrar no local, os ladrões subiram no telhado, apesar de ser uma estrutura de altura elevada, e entraram pelo forro da edificação. Dentro do prédio algumas das salas tiveram as portas arrombadas e cinco computadores com dados administrativos foram furtados.

Os ladrões também aproveitaram a oportunidade para levar pequenos objetos domésticos e equipamentos eletrônicos, como pratos, talheres, luvas, máscaras, rádio, roteador, Datashow e até gêneros alimentícios.

Um funcionário da 16ª URE relatou à Imprensa que durante o dia não existe vigilância no prédio, o que acontece somente a noite. Durante os dias de carnaval, quando a unidade paralisou as atividades, apenas o vigilante noturno trabalhou. “Quando ele chegou para trabalhar, na noite de terça-feira, encontrou as portas arrombadas e as salas desorganizadas”, contou o servidor, que pediu para ter a identidade preservada.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Tucuruí, e uma equipe de investigadores foi designada para investigar o crime.

Publicidade