Governo de Tucuruí prepara minicestas básicas para alunos do município

Dos 21 mil estudantes da rede pública gerida pela prefeitura, 8.900 vão receber kits. A medida tem em vista garantir comida na mesa e aprendizagem de estudantes socialmente vulneráveis.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Na semana que vem, a administração de Alexandre Siqueira vai começar os preparativos para embalar itens de uma minicesta básica que a Prefeitura de Tucuruí pretende distribuir aos alunos da rede pública municipal. Um edital de pregão que já está na praça prevê a compra de 8.900 kits de alimentação para garantir a segurança nutricional dos estudantes. A iniciativa é orçada em R$ 523 mil e é até econômica diante da pretensão de gastos de muitas prefeituras das redondezas com distribuição de dinheiro por meio de cartões magnéticos.

As informações foram levantadas com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu e podem ser conferidas aqui. O Blog apurou que o kit será composto de arroz, feijão, macarrão, óleo, sardinha, leite em pó, biscoito, sal e açúcar. Terão direito aos alimentos 6.500 alunos do ensino fundamental, 2.068 da educação infantil e 332 da educação de jovens e adultos.

Atualmente, segundo a prefeitura, a rede municipal tem 21 mil estudantes, mas na justificativa que acompanha o edital de licitação não estão claras as razões pelas quais apenas 8.900 alunos terão direito à minicesta. O Blog apurou na leitura do edital que o valor máximo estimado pela Prefeitura de Tucuruí para a aquisição é de R$ 8.092.500,00, orçamento feito a partir de mapa de preços constante do processo administrativo próprio. No mesmo edital há a indicação de R$ 523.320,00 para o valor global das cestas, cada uma ao custo de R$ 58,80.

O governo local diz que a medida atende aos alunos durante a pandemia enquanto as aulas presenciais não são retomadas e visa contribuir para o desenvolvimento saudável deles, a fim de que melhorem o rendimento escolar a partir da alimentação, principalmente dos grupos com condições de saúde que necessitem de atenção específica e estejam em situação de vulnerabilidade social.

Dados levantados pelo Blog do Zé Dudu junto à prestação de contas do 4º bimestre da Prefeitura de Tucuruí mostram que o governo municipal previu investir R$ 116,364 milhões na educação pública local este ano, tendo utilizado R$ 74,984 milhões até o final de agosto. Os recursos da União previstos para custeio da merenda escolar são R$ 2,727 milhões. As despesas com profissionais da educação foram inicialmente previstas em R$ 63,309 milhões.