Obras federais paralisadas no Pará: o mapa do atraso

Pelo menos R$ 1 bilhão foi para o ralo do desperdício. E os dados estão incompletos. Sem informação, não se pode afirmar que haja políticas públicas planejadas adequadamente, diz especialista.