Preso homem acusado de abusar sexualmente de enteada de 10 anos

A menina, no primeiro semestre deste ano, já havia sido vítima de abuso por parte de um professor da escola em que estuda e que também está preso
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Encontra-se preso da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas Valmir Silva Santos, 37 anos. Ele foi denunciado pela própria mulher, Fabiana Ribeiro Santos, 32, por ter abusado sexualmente da filha dela, de 10 anos de idade, na noite de sábado (2). A queixosa disse ainda que, por tê-lo denunciado, Valmir ameaçou matá-la, assim como matar toda a família dela, “assim que sair da cadeia”. O acusado nega tudo. O caso se deu no Jardim Tropical II.

Na Delegacia de Polícia, a mulher contou que já vinha desconfiando de alguma coisa havia algum tempo. Explicou que a menina é filha de outro homem, mas que Valmir a criou como filha desde quando a garota ainda era muito pequena, tanto que ela sempre o chamou de pai, assim como os outros quatro filhos de Fabiana.

Porém, de uns tempos para cá, ainda segundo ela, a menina mudou o tratamento para com Valmir, passou a mantê-lo à distância, deixou de chama-lo de pai e não queria mais voltar a morar em casa depois de ter passado as férias com o pai de sangue.

Enquanto Valmir, ainda de acordo com declarações de Fabiana Ribeiro Santos, desde o último mês de agosto, passou a destratar a garota chamando-a de “vagabunda” e “rapariga”, entre outras formas de insulto.    

No último sábado, conforme consta no Boletim de Ocorrência, por volta das 20h, a garota entrou na casa de uma vizinha, onde estava a mãe e, chorando muito, disse que Valmir havia passado a mão nas partes íntimas dela. Segundo Fabiana, ela correu para casa a fim de exigir explicações ao homem, que a teria espancado, desmentido a menina e dito que a mulher estava louca.

Fabiana, segundo contou à Reportagem do Blog, dirigiu-se, então, à casa de um policial militar, conhecido dela, relatou o caso e ele chamou uma guarnição da PM, que prendeu Valmir Silva Santos.

Na delegacia, além de negar tudo, o abuso, a agressão e as ameaças, o acusado teve o apoio de um dos filhos de Fabiana, que ficou contra a mãe, o que deixou a mulher chocada e muito chateada, pois ela garante que o homem já vinha abusando sim da menina de 10 anos.

“Quero que a Justiça me apoie e guarde a minha vida e a dos meus quatro filhos”, apela Fabiana, temendo que Valmir seja logo libertado e venha a cumprir as ameaças que fez ao ser preso.

Vale lembrar que a mesma menina, no primeiro semestre deste ano, já havia sido vítima de abuso sexual por parte de um professor da escola em que estuda, o qual está preso na Carceragem do Rio Verde aguardando julgamento.

(Caetano Silva)

Publicidade

Relacionados