Programação Legislativa encerra com Audiência Pública para discussão da LDO

O assunto, apesar de ser do mais alto interesse da população, levou apenas 15 pessoas ao plenário da Câmara Municipal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Após quase uma semana de serviços prestados à comunidade das Zonas Urbana e Rural, a Programação Legislativa promovida pela Câmara Municipal de Canaã dos Carajás encerrou na noite de quinta-feira (7) com a apresentação da previsão de orçamento para 2019. A população não parecia muito interessada nos valores que poderão ser gastos no próximo ano no município, uma vez que sessão que discutiu a Lei de Diretrizes Orçamentárias reuniu não mais que 15 pessoas no plenário da Poder Legislativo.

A proposição, que estabelece normas para a execução orçamentária de Canaã dos Carajás prevê uma arrecadação de R$ 351.518.188,30. Ou seja, R$ 19.897.256,30 a mais do que previsto para 2018, R$ 331.620.932,00.

A audiência contou com a participação dos vereadores Vânia Mascarenhas, Dioniso Coutinho, Gesiel Ribeiro, além do presidente da casa, Júnior Garra.  A ausência da população durante a sessão foi lamentada na tribuna pela advogada e empresária Roberta Sfair, que também sugeriu aos dois poderes, Legislativo e Executivo, o cadastramento de ambulantes para facilitar a vida deles. “É uma grande pena não ter tantos cidadãos discutindo o nosso futuro”, disse.

Publicidade