Murilo Ferreira diz que taxação de minérios é assunto institucional que não afeta só a Vale

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O presidente da mineradora Vale, Murilo Ferreira, disse hoje (10), na Associação Comercial do Rio de Janeiro, que a taxação de minérios pelos estados de Minas Gerais e do Pará será tratada pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), pelos sindicatos da Mineração dos estados de Minas Gerais, do Pará e do Amapá e também pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Ferreira não quis informar se a Vale irá recorrer da tributação na Justiça. “É um assunto institucional que não afeta só a Vale. Afeta a um segmento importante da mineração brasileira e, portanto, deve ser resolvido dentro desse viés”, declarou.

Os governos do Pará e de Minas Gerais deverão iniciar ainda este mês a cobrança de uma taxa de fiscalização sobre a tonelada de minério produzido nas regiões. O novo tributo foi instituído no ano passado, por leis estaduais.

Fonte: Agência Brasil