Maranhão: Passarela desaba e interdita Estrada de Ferro Carajás

A ferrovia, da Vale, ficou interditada por cerca de cinco horas
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Uma passarela para pedestres que está sendo construída na Estrada de Ferro Carajás (EFC), pela Vale, na comunidade de Capim-Açú, na zona rural do município de Arari, no Maranhão, desabou na manhã de ontem, 22. O desabamento interditou por um cerca de cinco horas a EFC, usada pela mineradora para transportar o minério de ferro do Pará até o Maranhão. Ninguém se feriu.

Em nota, a Vale informou que: “parte de uma estrutura metálica que estava sendo usada nas obras de construção de uma passarela cedeu sobre a Estrada de Ferro Carajás (EFC) na manhã da última terça-feira (22/1), no município de Arari (MA), interrompendo a circulação de trens no local. A empresa contratada e a Vale estão apurando as causas do incidente. Não houve feridos”.

Publicidade

Relacionados