Mais um técnico de enfermagem é preso sob a acusação de estuprar paciente dentro do Hospital municipal de Parauapebas.

Continua depois da publicidade

imageA Polícia Civil do Pará prendeu hoje (08) em Belém o técnico de enfermagem Jefferson Abreu Soares (foto), nascido em 27 de dezembro de 1978, em Belém. Ele está sendo acusado de estuprar uma senhora no dia 25 de dezembro quando a mesma esteve no Hospital Municipal de Parauapebas para se consultar.

O acusado, que é concursado da prefeitura de Parauapebas, tendo sido nomeado pelo ex-prefeito Darci Lermen em 26 de maio de 2010 após ser o 97º colocado no Concurso Público realizado por aquela administração exerce a profissão naquela instituição de saúde desde 2009.

Bastante abalada, somente em 03 de janeiro de 2014 a vítima compareceu a 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas para apresentar queixa contra o  funcionário público, que a teria dopado e abusado sexualmente dela quando de um procedimento de rotina. O delegado Rodrigo Paggi adiantou que a vítima não mora em Parauapebas, é casada e que seu nome não pode ser fornecido em virtude da tipificação do caso, que corre em segredo de justiça.

De imediato o diretor daquela Seccional solicitou ao Poder Judiciário a prisão do acusado e em menos de 24 horas, mesmo com  plantão de fim de ano, este foi expedido.

Quando a polícia esteve no HM para efetuar a prisão do suspeito o mesmo teria fugido para Belém, onde foi preso hoje após intensivas investigações da polícia civil local.

Em 2011 o então secretário de saúde de Parauapebas Alex Pamplona abriu procedimento administrativo contra o acusado após receber várias reclamações sobre os procedimentos do mesmo e em virtude dela não cumprir os horários previstos nas escalas de trabalho e o transferiu do atendimento no HM para a Atenção Básica. Todavia, houve interferência política do vereador Massud, que apresentou requerimento aprovado pela Câmara Municipal de Parauapebas em 31 de agosto de 2011 pedindo informações e revogação da transferência do servidor público Jefferson Abreu Soares.

imageO acusado deu entrada em um Mandado de Segurança pleiteando o retorno ao Hospital Municipal e este lhe foi negado pelo juiz Alexandre Arakaki em 2011 e posteriormente concedido pela juíza Adelina Luiza Moreira Silva e Silva, então titular da 4ª Vara Cível de Parauapebas em outubro de 2012, sob a alegação de que “ a Administração Pública não se utilizou de critérios objetivos para proceder a remoção em questão”, tendo o acusado voltado a exercer seu trabalho no Hospital Municipal. Por mera coincidência, era a juíza Adelina Silva quem estava de plantão no Fórum de Parauapebas e atendeu pedido de prisão do acusado feito pela Polícia Civil.

Segundo o delegado Rodrigo Paggi, o acusado está sendo recambiado para Parauapebas para responder criminalmente por seus atos, tendo sua chegada prevista para as 19h desta quarta-feira.

Este é o segundo caso de estupro registrado dentro do Hospital Municipal de Parauapebas. Em março de 2013 o também técnico de enfermagem Adams Almeida Gomes foi preso após supostamente ter abusado sexualmente de uma paciente dentro do Hospital Municipal de Parauapebas.

Ninguém da direção do Hospital Municipal de Parauapebas ou da Secretaria de Saúde de Parauapebas foi encontrado para comentar o fato.

52 comentários em “Mais um técnico de enfermagem é preso sob a acusação de estuprar paciente dentro do Hospital municipal de Parauapebas.

  1. Fabio B. Responder

    Nosso colega já foi inocentado… Cadê a matéria falando a respeito? Para acusar tem extensa matéria mas para falar a respeito da inocência nem uma reles notinha?

    • Zé Dudu Autor do postResponder

      Na verdade, a inocência ainda não foi discutida pela justiça. Jefferson, depois de 90 dias preso, foi beneficiado por um Alvará de soltura e deverá se apresentar mensalmente à um juízo em Belém até que seu caso seja julgado pelo juiz da Vara Penal da Comarca de Parauapebas.

  2. Jogo tudo no ventilador Responder

    Se a polícia investigar tudo com afinco e inteligencia pode até descobrir a existencia uma QUADRILHA DE ESTUPRADORES formada por servidores desse hospital…

  3. anonimo Responder

    acho quem nem toda indenizaçao do mundo vai apagar a dor de uma acusaçao tao imunda dessa,se o homem nao faz a justiça,que venha dos ceus entao,mas que venha logo,pois o verdadeiro inocente tem familia,amigos e mais o que fazer aqui fora

  4. anonimo Responder

    oi justiceira,tambem quero saber a verdade,mas se for mentira da santinha,o estado vai ter que pagar bem caro por satisfazer o suposto piti dessa mulher,pois isso foi muito grave,espero que o marido dela perceba ou saiba relmente com quem dorme

  5. anonimo Responder

    oi ze dudu,fique esperto,queremos saber quem mente nessa historia,pois esse caso atingiu nos profissionais de saude,que ve ou ouitra nos deparamos com piadinhas de mau gosto,vc deve saber que a populaçao e estupida demais e generalçiza tudo,fica entao meu apelo,quem sera o tarado ou a tarada mal assistida neste contexto,,,desculpe as pontuaçoes,meu teclado nao ta muito bom,,,bjo ze dudu

  6. a justiceira Responder

    sera que ela e vitimas ou a vilã da historia …. eu sei e quem trabalha no hospital sabe que na hora do crime, o jefferson estava na ceia de natal que fica no segundo andar e ele so apareceu na enfermaria que a jordania mendonca estava so pela manha, como ele estuprou ela so pelo pensamento ou ela sonhou e queria se devorada por ele e a sua tara não foi satisfeita o crente tarada

  7. a justiceira Responder

    eu estou acompanhando todo o processo de perto já li exame de conjunção carnal e todas as provas estão a favor dele so a palavra dela contra dele eu sei toda a verdade ela e apaixonada por ele e ele deu um fora nela por que ela e casada e ele também e ela falou que ele ia pagar ela porque a rejeitou e por isso inventou toda essa historia para se vingar ela e uma psicopata que se diz crente mas na verdade e uma falsa profeta

  8. Técnico do municipal Responder

    Não, não sou o cara… Sou amigo do acusado e tenho acompanhado o processo de perto junto com o seu advogado…

  9. Técnico do municipal Responder

    Zé Dudu, tive acesso as páginas do processo, depoimentos de testemunhas e da “vítima”, assim como o da paciente que dividia o quarto com ela… Não existe qualquer evidência de que possa ter ocorrido este estupro… O depoimento da “vítima” é cheio de contradições; em contrapartida, os depoimentos das testemunhas são totalmente favoráveis ao técnico e não deixam margens para dúvida… O grande problema é que, no nosso país, ao contrário do que diz a lei, somos culpados até que se prove o contrário… Se existe alguma evidência do ocorrido, que seja citado…

    • Elizia Responder

      Assim como Você, acredito que o Jefferson seja inocente!Creio que em breve a inocência dele será comprovada!

    • Elizia Responder

      Assim como Você “Técnico do Hospital”, acredito que o Jefferson seja inocente!Creio que em breve a inocência dele será comprovada!

      • Anônimo Responder

        A PALAVRA DELE CONTRA A DELA, SÓ POR ELA É MULHER DE UM POLICIAL, QUEREM PROVAR A QUALQUER CUSTO Q ELE É CULPADO.eLA COM CERTEZA QUERIA ELE ELE NÃO QUIZ, ENTÃO RESOLVEU SE VINGAR.

  10. eliziaCristin@ Responder

    “Pense bem antes de falar mal de Alguém… Não se recolhe as cinzas com a mesma facilidade com que se espalha!”
    Uma publicação desta pode até ser excluída, mas não esquecida.O Senhor Nosso DEUS,mostrará a verdade, e todos verão que o Jefferson é inocente.

    • Zé Dudu Autor do postResponder

      Falei hoje com o delegado Rodrigo e com o juiz Líbio Moura. O enfermeiro continua preso e as evidências de que ele tentou estuprar a mulher são reais. A questão não é falar mal de ninguém, e sim mostrar os fatos. Como disse anteriormente, se provada a inocência do enfermeiro, ele terá o mesmo espaço. Não sou eu quem faz a justiça, existem pessoas qualificadas para isso. Que se faça a justiça!

  11. anonimo Responder

    será q Jefferson estar junto com os outros presos? Ele estar cursando um curso superior na area da saude, deve levar-se em consideraçao.

  12. anonimo Responder

    trabalhei com Jefferson, conheço muito bem seu carater e seu profissionalismo, nunca vi e nem ouvir falar de envolvimento dele com ninguem, pelo contrario sempre estava preoculpado com sua mae em Belem, q é doente e so tem a ele para cuidar dele. Prenderam ele em Belem pq ele mora lar, os comentarios maldosos dizem q ele havia fugido para Belem,como fugido se ele mora lar e estuda lar, so vem aqui nos finais de semana para trabalhar. será q a policia sabe disso? Até duvido

  13. anonimo Responder

    concordo com vc, quantas vezes Jefferson teve q volta para Belem de carona em ambulancias do municipio pq nao tinha dinheiro para pagar a passagem. Esse cara éidade um batalhador, ele jamais faria tal barbar
    idade!

  14. anonimo Responder

    deprimente ver nossa profissao jogada na merda por pessoas totalmente sem nocao do que e lutar na vida,triste tambem ver esse rapaz que trabalhou comigo por 5 anos,o vi muitas vezes ralando,virando plantao e juntando cada moeda para sustentar sua familia,nunca presenciei nada que desabonasse a conduta do mesmo,e muito menos seu nome envolvido em relacionamentos com acompanhantes ou pacientes,ele sempre foi assiduo e etico no trabalho,

  15. anonimo Responder

    voce! ze dudu,que e homem,tome cuidado com essas pessoas,ninguem ta livre de acusacoes,o proximo pode ser voce,tenha em mente que e muito dificil construir uma carreira,mas pra destruir e bem rapidinho,releia suas materias e pegue-as como exemplo de vida para voce ,fique com deus e que suas palavras um dia nao sejam ditas a voce mesmo

    • Zé Dudu Autor do postResponder

      Nesse caso específico da matéria, Anônimo, pode dormir sossegado que não acontecerá. Quanto a matéria a mim só cabe anunciar os fatos. Houve a queixa, houve o mandado de prisão e houve a prisão. Quando e se o enfermeiro provar sua inocência, este fato também receberá o mesmo tratamento por parte deste Blog. Volte sempre!

  16. anonimo Responder

    reze para nao doer em voce,e que deus te proteja ze dudu! de gente caluniosa,voce ja se imaginou numa cadeia? claro q

  17. Cristin@ Responder

    As fotos foram retiradas do Facebook do Jefferson, essa Zé Dudu nem se deu ao trabalho de bater. Mas quando for comprovado a inocência do Jefferson Você terá que bater e colocar a verdade sobre tal calúnia levantada!

  18. anonimo Responder

    ze dudu!se o jeferson for inocente voce deve colocar uma foto gigantesca dele nos jornais e retificar sua materia,alias ze dudu voce pediu autorizacao para fotografar o acusado,ate aonde eu sei voces tem liberdade para publicar seus assuntos,mas a imagem alheia deve ser respeitada ne nao?

  19. anonimo Responder

    cade os exames?concordo com lilona maria! se nao foi encontrado esperma como e que fica? alem do mais e muito estrnho se a mulher nem mora em parauapebas e foi justamenete para la? a policia tem que ter cautela e prender realmente o culpado(a) pois denunciacao caluniosa agora virou moda>principalmente por pessoas mal amadas e mal resolvidas com seus maridos

  20. lilona maria Responder

    acho que antes da prisao tinha que ter as provas…onde fica a integridade do profissional,cade o exame carnal e espermograma.

  21. adriana Responder

    agora me deu medo,eu sou etero,mas pensou se uma senhora pobre coitada diz que estuprei ela?mesmo eu sendo mulher e gostando de homens? complicado,cuidado meus colegas,trabalhem sempre com alguem da area ao lado,porque hoje somos alvos e vulneraveis as situacoes com essa do jeferson,que deus tenha misericordia do meu colega,ele sendo ou nao inocente

  22. adriana Responder

    que sirva de exemplo e que todos os hospitais fiquem em alerta! ao realizarem procedimentos jamais devem ficar apenas um profissional,tendo assim sempre uma testemunha durante o processo,ja que agora ate para trabalhar temos que ter cuidado e nunca ficar a merce de acusacoes,ei gestores muquiranas!ja sabem,um tecnico pra trabalhar e outro para testemunhar

  23. adriana Responder

    o coren tem que se manifestar e o sindicato tambem,ja pensou se vira moda?coitados dos tecnicos(homens)todo mundo vai tacha-los de tarado e estuprador,torco de coracao para que a verdade apareca,queremos estar a par da situacao,pois este fato mobilizou toda a classe de tecnicos e enfermeiros,falando em enfermeiros,onde estava o enfermeiro do posto no dia do tal estupro,ele tava na supervisao?

  24. adriana Responder

    devemos provar nossos atos e punir o culpado,iinclusive aqueles que se dizem vitimas,alias,a justica deve ser mais severa com atos de calunia,pois devastam,denigrem e atolam nomes na lama e fica por isso mesmo,quem defende ou repara o dano causado as vitimas de caluniaores?
    o municipio deve pagar em dinheiro e bem caro ao rapaz,caso ele seja inocente,e cabe tambem a inprensa indenizacoes monetarias e retificacoes com fotos bem grande,ja que para ferrar com as pessoas os jornais capricham,ne mesmo?

  25. adriana Responder

    alo coren faca jus as anuidades milionarias que recebem,ate que prove o contrario,o profissional e inocente,ei vc1 advogado que quer muito dinheiro!a indenizacao vai ser boa,pois ate onde conheco ocolega ele tem boa indole e sempre foi cortejado por mulheres lindas,nunca precisou apelar ou forcar outrem

  26. Anônimo Responder

    o coren e a policia deve investigar minuciosamente este caso,pois e injusto os profissionais de saude ficarem a merce de calunias sem que estes caluniadores sejam punidos,isso deve acabar,chega de jogarem nossos nome na lama,alo coren1 cade voce? faca jus as milionarias anuidades que recebem

  27. adriana Responder

    se algum advogado que tem sede de grana ler este comentario pegue este caso,pois o municipio vai ter que pagar uma grana de indenizacao ao jeferson,ate onde conheco o colega,ele sempre teve boa indole e nunca precisou apelar para ter mulher,muito pelo contrario,o mesmo era assediado por ser educado e ter boa aparencia,dificil acreditar que tenha forcado uma senhora a qualquer ato

  28. Anônimo Responder

    chega de calunias! todo mundo diz o que quer, nada e feito contra os verdadeiros criminosos(os caluniadores)por isso que os profissionais de saude estao cada vez mais expostos,por favor!algum advogado que tenha sede de dinheiro nao tenha pena do municipio de paraupebas e exija uma indenizacao bem gorda,pois da proxima vez quem sabe?eles pensem antes de prender gente trabalhadora por ai

  29. anonimo Responder

    odeio estupradores,mas ate onde conheco,o jeferson e um bom rapaz,
    deve ser feito exames de conjuncao carnal para saber quem esta
    mentindo,se algum advogado ler este comentario vai ai uma dica,o municipio vai ter que desenbolsar uma boa grana para indenizar este rapaz,atencao coren!saia da cadeira e defenda o profissional,pois ate que prove o contrario,ele e inocente

  30. Técnico do municipal Responder

    Não se prova aquilo que não aconteceu… No Brasil, somos culpados até provar o contrário… Existem várias testemunhas no hospital que atestam o interesse incontestável da “Vitima” no nosso colega. Isso é relativamente comum… Se não dá atenção, você é grosso, mal educado, enfim, “funcionário público”, como denota o esteriótipo; Se trata bem e dá atenção vira assédio…

  31. Aguia Responder

    Estamos sabendo que essa xxxxxxxxx é mulher de um xxxxx da polícia,já se envolveu com Jeferson e agora decidiu aprontar prá cima dele já que o mesmo não quis mais envolvimento com ele.Justiça por favor, ele foi espancado por policiais, isso é desumano!Provem o estupro primeiro!!!

  32. Cristina Responder

    Os fatos devem ser apurados e provados! Deve ser provado que ele abusou sexualmente desta senhora, se de fato for verdade que seja feito a justiça. Agora já pensou se este homem for inocente, será estuprado dentro da cadeia, que é o que acontece com estupradores, correndo risco de contrair uma doença venérea ou até HIV, acho isso desumano.

  33. técnica snônima Responder

    Perseguição!!Tá na cara! Jefferson é um excelente profissional e não há necessidade dele fazer esse tipo de coisa pois no Pebas sabemos como é o comportamento das mulheres,casadas ou não!Acredito em manipulação do sistema contra o pobre Jefferson,mas,a justiça tarda mas,não falha!Estou com você amigo!

    • COLEGA DE PROFISSÃO! Responder

      VEJO MUITO BEM COMO ESSAS MULHERES SE COMPORTAM, PRINCIPALMENTE QUANDO PASSAM DIAS FORA DE SEU MARIDO!!! NÃO DEFENDO LADOS PORÉM ANTES DE ACUSAR ALGUM DE TAL FORMA ANALISE OS FATOS! E OUTRA ELE NÃO FUGIU E SIM ESTAVA EM SUA CIDADE JÁ QUE SÓ VAI A PARAUAPEBAS A TRABALHO… OUTRA COISA É MUITO FÁCIL ACUSAR E NO DIA SEGUINTE VÊ-LO NA PRISÃO! SE HOUVE OU NÃO QUALQUER CRIME SERÁ POR ELE IRREPARÁVEL CASO SEJA INOCENTADO! BOA SORTE COLEGA! EMGRAÇADO QUE JOSÉ DIRCEU E SUA TURMA PASSARAM ANOS E ANOS E TODOS SABIAM DO QUE TAVA ACONTECENDO, LEVARAM TODO ESSE TEMPO PARA QUE TIVESSEM PROVAS CONCRETAS, ENTÃO PQ NÃO FIZERAM O MESMO COMESSE RAPAZ? ELE NÃO TEM CONTA NO EXTERIOR PRA IR MUITO LONGE NÃO GENTE! ESPERO QUE O CULPADO POSSA PAGAR PELO QUE FEZ INDEPENDENTE DE SER ELE OU ELA!

  34. Técnico do municipal Responder

    Muito estranha esta acusação… Trabalho há alguns anos com Jefferson e não existe qualquer tipo de conduta que me levasse a crer que ele seria capaz de tal coisa… Coincidência ou não, Jefferson sofreu perseguição da secretaria de saúde após se envolver ativamente com atos sindicais e tem um processo contra a prefeitura, que,segundo informações, estaria bem encaminhado… Longe de mim, como ser humano e profissional da área de saúde defender qualquer ato de violência, sobretudo sexual, mas existe algo de estranho nesta história… Depois do que supostamente aconteceu no “caso Adams”, um técnico reincidir a mesma história? Acho difícil, principalmente conhecendo o perfil do acusado… Não coloquei meu nome por medo de retaliações, porque já vi acontecer… Que Deus nos proteja, porque agora me deu medo…

  35. suely sarmento Responder

    Chega a ser vergonhoso para nossa categoria monstros como este que se entitula um técnico de enfermagem. Nosso objetivo é a amenizar a dor e sofrimento das pessoas que buscam nossa ajuda e não causar mais dor. Que o coren possa banir cafajestes e monstros como este.

  36. suely Responder

    Chega a ser vergonhoso para nossa categoria monstros como este que se entitula um técnico de enfermagem. Nosso objetivo é a amenizar a dor e sofrimento das pessoas que buscam nossa ajuda e não causar mais dor. Que o coren possa banir cafajestes e monstros como este.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: