Jacundá

Câmara Municipal empossa Ismael Barbosa prefeito de Jacundá

O Plenário “Dr. Ulisses Guimarães”, do Poder Legislativo de Jacundá, ficou pequeno para acomodar os convidados para a posse do prefeito Ismael Barbosa, ocorrida na noite de ontem, segunda-feira (20), às 20h. Lindomar Marinho comandou a sessão especial e coube à mãe do gestor, Eulâmpia Barbosa, colocar a faixa de prefeito no filho.

A solenidade de posse do gestor aconteceu seis dias após a Câmara Municipal cassar o mandato do prefeito José Martins de Melo Filho, no dia 14 assado.  E, com apenas dois discursos de parlamentares, a sessão durou pouco mais de uma hora e foi acompanhada pela equipe de governo, empresários, lideranças políticas e populares.

As vereadoras Eliane Santos Pinheiro e Raylane Soares se pronunciaram na sessão. “Esta casa acreditou que, com compromisso, é capaz de fazer uma gestão séria e comprometida com os anseios da população. Estamos esperando uma resposta positiva em todas as áreas, senhor prefeito Ismael”, disse Eliane. “É o melhor para a população”, elogiou Raylane.

Em nome da Câmara Municipal, Lindomar Marinho disse que a administração pública, os vereadores e a população têm que ser parceiras “E nós vamos cobrar a execução dos projetos, porém, tudo tem o seu tempo. Hoje começa uma nova história para Jacundá”.

Um dos empresários mais conceituados do município, Lindomar, Francisco de Oliveira, do ramo de bebidas, disse que era um momento esperado pelos moradores. “Que esse povo tenha aquilo que necessita, é muito difícil o povo esperar para ver o acontecer. Agora esperamos estabilidade política e administrativa. E que, Legislativo e Executivo, unidos possam fazer crescer esse município”.

Após assinar o Ato de Posse, Ismael recebeu a faixa de prefeito de Jacundá de sua genitora Eulâmpia Barbosa, 75 anos de idade. E, com um discurso considerado afável, ele agradeceu aos vereadores e público. “A gente só tem a agradecer a todos, à família, à equipe da administração, aos convidados e amigos”.

Nas poucas palavras em referência política ao ex-gestor, Ismael se reservou a dizer que “não provocamos nenhuma situação, apenas foi mostrada a realidade”. E prometeu dar continuidade a estabilidade política e administrativa para que possa ”trabalhar com muita responsabilidade e competência”, pois Jacundá precisa avançar com muito trabalho. “Já estamos trabalhando desde que assumi como prefeito em exercício, agora a nossa responsabilidade triplicou”.

Por Antônio Barroso – de Jacundá
(Foto: Thiago Borges)

Deixe seu comentário