Após lockdown comércio de Tucuruí mantém portas fechadas

A prefeitura tenta, a todo custo, baixar a curva de contaminação pelo novo coronavírus na cidade, cujo sistema de saúde beira o colapso
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Atividades não essenciais do município de Tucuruí, no sudeste do Pará, estão suspensas até dia 29 deste mês. A determinação atende ao Decreto Municipal 051/2020, assinado na noite de ontem (22), pelo prefeito Artur Brito, após reunião do Comitê de Gestão de Crise de Enfrentamento à Covid-19 decidir pelo fechamento do comércio para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus e proporcionar a recuperação da capacidade de resposta do Sistema de Saúde no município.

O novo decreto entrou em vigor nesta terça-feira (23) e estende-se até o próximo dia 29. Até lá, ficou decidido pela suspensão dos atendimentos presencias, dos serviços e das atividades não essenciais, visando a contenção do avanço descontrolado da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Diante desse cenário, permanecem fechados ao público os estabelecimentos que prestam serviços e atividades não essenciais, com exceção daqueles que fornecem seus produtos em drive thru.

A esses estabelecimentos, não haverá restrição de horário e o funcionamento ocorrerá de segunda a domingo. Fica proibida a venda e consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas, inclusive em reuniões sociais com mais de 10 pessoas.

(Antonio Barroso)

Publicidade