Segurança Pública é tema de reunião em Breu Branco

O governo municipal está empenhado em minimizar os números da criminalidade. Por isso, chamou os órgãos municipais e estaduais para discutir o assunto
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Diante dos números apresentados pelo 13º Batalhão de Polícia Militar, com base em Tucuruí, sobre os índices da violência – conforme notícia publicada no Blog do Zedudu, o prefeito Francisco Garcês da Costa, o de Breu Branco, convocou uma reunião com os principais nomes do setor de Segurança Pública municipal, vereadores e representantes de segmentos da comunidade local.

No ano passado foram registrados na jurisdição de Breu Branco 23 homicídios e 321 roubos e furtos. Os números constam no relatório de atividades de 2018, do 13º BPM, que também é responsável pela segurança preventiva no município. A estatística aponta ainda 41 situações envolvendo crimes de agressões, lesões e lutas corporais.

Um número que chama atenção é o da violência doméstica, geralmente praticada contra mulheres, que teve 83 registros em 2018. O relatório também registrou 50 arrombamentos e 74 ameaças.

Por outro lado, o policiamento ostensivo da Polícia Militar resultou em 4.104 blitz e 3.909 averiguações. Nesse período foram realizadas 6.443 abordagens a moradores. E 2.202 condutores de motos foram alvos de abordagens. Pelo relatório da PM, o trabalho nas ruas da cidade resultou na recuperação de 25 motos que haviam sido roubadas, 42 armas de fogo apreendidas e 85 armas brancas (faca, facão e outros objetos cortantes) apreendidas. O balanço feral em 2018 ficou em 18.194 atendimentos realizados pela PM.

A reunião para tratar da diminuição desses números ocorreu na manhã de terça-feira (15), no auditório da Secretaria de Cultura (Secut), quando foram apresentados planos para traçar as estratégias necessárias a fim de prevenir e combater a criminalidade no município.

Na ocasião, as autoridades de segurança pediram para população ajudar a identificar possíveis pontos de boca de fumo, foragidos da Justiça e outras pessoas envolvidas com crime. Na oportunidade, o comandante do 13° BPM, do 36° Pelotão Destacado e o delegado de Polícia Civil discorreram sobre os números referente ao ano passado.

Ao final da reunião ficou decidida a realização de debate mensal para que sejam apresentados os balanços parciais de cada órgão, a fim de possibilitar eventuais adequações na política de enfrentamento ao crime.

Contatos

Central de Operações 190

PM em Breu Branco (94)99185-3505

Disque-denúncia 181

Não precisa se identificar, ajude a Polícia, ligue e denuncie.

Publicidade

Relacionados