Parauapebas vai receber o Campeonato Brasileiro de Karatê Esportivo no mês de maio

A competição vai contar com a participação de 25 estados em 16 categorias
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

A cidade de Parauapebas, sudeste do estado do Pará, está pronta para receber mais um grande evento esportivo. De 16 a 19 de maio será realizado pela primeira na cidade, o Campeonato Brasileiro de Karatê Esportivo – Fase 1, no Ginásio Poliesportivo e que contará com total apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Esporte Lazer (Semel), que vai trabalhar em conjunto com outras secretarias, como a Secretaria Municipal de Cultura (Secult), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O Campeonato Brasileiro terá um nível elevado e vai contar com a participação de 25 estados, tendo delegações com atletas campeões mundiais e servirá de seletiva para o mundial em Fortaleza. O democrático campeonato vai abrir espaço para 16 categorias, a partir dos quatro anos de idade, que é faixa branca, até a categoria máster, acima de 47 anos. Somando graduações e categorias, com idades e peso, irão participar do evento atletas de quatro até 70 anos.

Para não fazer feio dentro de casa, a Associação Girão de Artes Marciais (AGAM) vem treinando forte visando a competição, onde 120 atletas estão sendo preparados para conquistar bons resultados para a cidade e para o estado do Pará. Além de treinar atletas com chances no Campeonato Brasileiro, a AGAM conta com um projeto para resgatar crianças e adolescente da vulnerabilidade social.

“A AGAM se antecipou as férias e voltou a treinar forte se preparando para a primeira competição e voltamos um pouco adiantando as aulas nos quatro polos. Queremos preparar nossos atletas para competir de igual com os outros participantes que estão vindo de fora. A gente quer reforçar o treino e ao mesmo tempo preparar a galera psicologicamente, com preparo físico e preparo emocional”, afirmou Josberto Rocha Girão, mestre Girão, faixa preta 6° Dan.

A Associação Girão de Artes Marciais conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Parauapebas, que renovou o convênio para a AGAM manter com as despesas dos atletas nas competições e comprando uniforme e kimonos. Mestre Girão acredita que novos campeões podem surgir na cidade e até campeões olímpicos, através do projeto social, sendo mantido por patrocinadores e pelo governo municipal.

“É um projeto que resgata crianças e adolescentes da vulnerabilidade social no qual não teria condições de pagar uma mensalidade regular. Nós trazemos esse projeto para dentro do espaço que a gente tem, agregando sem despesas para essas crianças e adolescentes. Fazemos o que podemos para evitar a evasão escolar, o consumo de drogas, de álcool e a prostituição. Preparamos essa galera para quem sabe no futuro não muito distante, a gente possa ter um representante em uma olimpíada, mais é um sonho distante porque o Karatê chegou agora para a olimpíada, tem vários processos ainda, mas não deixa de ser um sonho”, finalizou Mestre Girão.

Por Fábio Relvas com informações de Vela Preta
Publicidade

Relacionados