Secretaria de Saúde de Jacundá convoca pacientes na fila de cirurgias

Atualmente estão no Portal da Transparência da SMS quase 9 mil pacientes. Ausência de endereço correto, contato telefônico e de outras informações prejudicam a convocação deles
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Pacientes cadastrados na fila de espera para realizar cirurgias e consultas médicas em diversas especialidades estão sendo convocados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Jacundá para atualizar os dados cadastrais. Atualmente estão no Portal da Transparência da SMS quase 9 mil pacientes. Ausência de endereço correto, contato telefônico e de outras informações prejudicam a convocação dessas pessoas.

A secretária de Saúde, Lícia Sousa, explica que as informações desatualizadas estão prejudicando o andamento da fila. “Montamos uma espécie de força-tarefa para atualizar os dados de todos os pacientes, pois estamos realizando dezenas de atendimentos mensalmente e, em algumas áreas, não encontramos os pacientes”.

Em outubro deste ano, o Ministério Público local instaurou uma Ação Civil Pública (ACP) requerendo à Justiça que obrigue o município de Jacundá a prestar informações claras aos pacientes que aguardam procedimentos para realizar cirurgias. “A escolha dos pacientes tem sido feita de maneira aleatória e sem nenhum tipo de transparência”, diz a ACP.

No entanto, segundo a equipe que está à frente da atualização dos dados, a lista está desatualizada, pois centenas de pacientes já realizaram os procedimentos necessários. “Hoje estamos em campanha para identificar e localizar pacientes que estão precisando realizar cirurgias de histerectomia, ooforectomia, perineoplastia, hérnia iguinal adulto, hérnia umbilical adulto, hérnia epigástrica adulto, hemorroidectomia e colecistectomia,” detalha a secretária de Saúde.

No Portal da Transparência da Prefeitura de Jacundá, no link específico da Secretaria Municipal de Saúde, na Transparência da Regulação, o usuário tem acesso à fila de espera de todos os pacientes candidatos a uma consulta médica ou cirurgias.

Publicidade