Secretaria de Saúde de Jacundá garante que Ala de Covid do Hospital Municipal é segura

Vereadores visitaram o setor esta semana, para constatar se o que a secretaria propagava estava de acordo com os protocolos de segurança
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Secretaria Municipal de Saúde de Jacundá garante que a segurança dos pacientes e profissionais da Ala de Covid, criada no Hospital Municipal Maria Cecília de Oliveira, é total. Nessa quinta-feira (8), um grupo de vereadores visitou a unidade de saúde, acompanhado do prefeito Itonir Aparecido Tavares (PL).

Internautas questionaram nas redes sociais a situação do hospital público, onde uma ala foi criada para atendimento a pacientes infectados pela covid-19. Nos comentários, eles mostram preocupação com a situação. “De um lado, temos pacientes sem covid e, do outro, pacientes com o novo coronavírus, que pode contaminar todos os pacientes do outro setor”, diz um internauta.

Os vereadores Daniel Siqueira Neves (Podemos), Wanderson Passon da Silva (Republicanos) e Anilton Oliveira da Silva (PROS) estiveram no hospital municipal na manhã de quinta-feira. A visita serviu par dirimir dúvidas em relação aos dois setores. “Estamos realizando essa visita para constatar como estão funcionando essas áreas”, disse o vereador Daniel.

Segundo explicou a secretária de Saúde, Iraildes Bizarrias, os profissionais da Ala Covid são exclusivos. Porém, de acordo com a necessidade, o médico realiza atendimento lá, com as medidas protetivas de EPIs (equipamentos de proteção individual), com uso exclusivo para o setor, e faz o descarte adequado antes de sair do mesmo para transitar ou atender em outro setor. “É fato que a estrutura do hospital diminuiu, porém, adequamos 16 leitos para uso exclusivo da Covid. Essa ala é totalmente segura”, garante ela.

(Antonio Barroso)