Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

São Francisco e Tapajós só empatam em clássico santareno no Estádio Barbalhão

O Boto ficou na frente por duas vezes, mas permitiu o empate do Leão

São Francisco e Tapajós entraram em campo na noite deste sábado (9), no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém, no duelo válido pela 3ª rodada do Campeonato Paraense de 2019. Em um confronto bastante equilibrado, os rivais santarenos acabaram no empate em 2 a 2. O resultado não foi bom para ambas as equipes, já que o Leão segue sem vencer e somou seu primeiro ponto no Grupo A1, segurando a lanterna, enquanto que o Boto foi para quatro pontos e é apenas o quarto colocado do Grupo A2.

O Tapajós abriu o marcador com o atacante Mariano, logo aos cinco minutos de bola rolando. O São Francisco empatou ainda no 1° tempo com o atacante Daniel Papa-Léguas, aos 33 minutos. Na etapa final, o Botou voltou a ficar na frente com Júnior, aos nove minutos. O atacante Daniel Papa-Léguas estava veloz na partida e voltou a marcar, aos 20 minutos, dando números finais ao jogo.

O jogo: Leão 2 x 2 Boto – Clássico empatado

Assim como a partida entre Independente e Remo, antes da bola rolar em Santarém foi dado um minuto de silêncio pelos 10 mortos no trágico incêndio no Ninho Urubu, no Rio de Janeiro. Com a bola em jogo o Tapajós começou melhor. O atacante Silvio arrancou bem, passou pela marcação, mas cruzou forte e a bola se perdeu pela linha de fundo. No lance seguinte, Amaral tocou para o atacante Mariano, que ficou na boa para marcar e não perdoou, 1 a 0 Boto, aos cinco minutos.

O São Francisco acordou para o jogo e depois de troca de passes, Daniel Papa-Léguas deixou Alexandre de cara para empatar, mas o goleiro Jader mandou para escanteio. Em outra investida do Leão, Alexandre cruzou na medida para Douglas, que tocou de cabeça e a bola foi para fora.  O Boto respondeu na mesma moeda com Léo, que cruzou para Júnior cabecear para fora.

O Tapajós pediu pênalti, quando Silvio cruzou para Andrezinho, que disputou uma bola dentro da área, caiu e o árbitro mandou seguir o jogo. Em uma bola alçada na área, o goleiro Labilá defendeu meio que no susto, salvando a pátria dos azulinos. Depois do susto, o Leão foi para cima e chegou ao empate. Claydir avançou bem e tocou para o atacante Daniel Papa-Léguas, que em uma jogada rápida mandou para o fundo do barbante, aos 33 minutos, 1 a 1.

Após o empate, o São Francisco cresceu no jogo. Claydir mandou de longe a bola passou assustando contra a meta de Jader. O atacante Rafael Paty fez grande jogada, matou no peito e deixou para Alexandre, que chutou e parou na grande defesa do goleiro Jader, salvando o Boto. No 2° tempo, o Leão seguiu melhor na partida e perdeu outras chances de virar o placar. Romário fez grande jogada e chutou cruzado, e ninguém chegou para concluir para dentro da meta tapajônica.

Em levantamento na área do Tapajós, Wendelll tentou marcar de cabeça e mandou para fora. Outra bola na área e o sempre perigoso Rafael Paty cabeceou e passou perto da meta de Jader. Alexandre cobrou falta, a zaga cortou e na sobra Daniel Papa-Léguas mandou um chute para fora. O Tapajós respirou quando Amaral cobrou lateral diretamente para área, o atacante Silvio se livrou da marcação e chutou para fora.

Veja também:  Sport Clube Itupiranga vence o Águia de Marabá em amistoso beneficente

O São Francisco tentou marcar quando Alexandre cobrou um escanteio fechado, o goleiro Jader afastou e na sobra, Wendell acabou isolando. Quem acabou marcando o segundo gol foi o Boto. Andrezinho cobrou falta na área e Júnior cabeceou para o fundo do barbante, aos nove minutos, 2 a 1.  O Leão foi para o tudo ou nada. Alexandre deu passe para Wendell, mas o goleiro Jader saiu para fazer uma grande defesa e impediu o empate.

De tanto insistir, o São Francisco chegou ao gol. Douglas lançou para Daniel Papa-Léguas, que se livrou bem da marcação e chutou bonito, marcando um golaço, aos 20 minutos, tudo igual: 2 a 2. Aos 31 minutos, Léo acabou impedindo um contra-ataque e puxou Wendell, o árbitro expulsou o atleta do Boto. Sem forças para atacar com um jogador a menos, Renato do Tapajós chutou de longe e acabou errando o alvo.

O Leão sentia que o momento era bom e partiu para o ataque com um jogador a mais. Na última chance para tentar a virada, a bola chegou até o atacante Rafael Paty dentro da área, que girou em cima da marcação tapajônica e chutou, mas o tiro saiu fraco e facilitou a defesa do goleiro Jader. Placar final: São Francisco 2 x 2 Tapajós.

FICHA TÉCNICA

SÃO FRANCISCO: Labilá; Claydir, Douglas, Rodrigo Reis e Andrelino; Romário (Tavinho), Rodrigo Santarém, Wendell e Alexandre (Pedro Henrique); Daniel Papa-Léguas (Luan) e Rafael Paty. Técnico: Osvaldo Monte Alegre

TAPAJÓS: Jader; Amaral, Henrique, Kevin e Junior; Paulinho Curuá (Renato), Fabinho, Léo e Andrezinho (Lucas Vitor); Silvio (Vitor Hugo) e Mariano. Técnico: Flávio Barros

Árbitro: Nadílson Pereira Oliveira

Assistentes: Carlos Alexandre Lima de Azevedo e Ernélio Arlisson da Silva Santos

Quarto Árbitro: Silvério Ferreira Pinto

Cartões amarelos: Andrelino e Tavinho (São Francisco); Paulinho Curuá e Léo (Tapajós)

Cartão vermelho: Léo (Tapajós)

Gols: Mariano, aos 5 minutos do 1° tempo para o Tapajós; Daniel Papa-Léguas, aos 33 minutos do 1° tempo para o São Francisco; Júnior, aos 9 minutos do 2° tempo para o Tapajós; Daniel Papa-Léguas, aos 20 minutos do 2° tempo para o São Francisco

Local: Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém

Renda: R$ 9.800

Pagantes: 540

Credenciados: 585

Total: 1.125

Classificação do Parazão 2019

Grupo A1

1° Remo: 9 pontos

2° Bragantino: 6 pontos

3° Águia: 4 pontos

4° Castanhal: 3 pontos

5° São Francisco: 1 ponto

Grupo A2

1° Paysandu: 6 pontos

2° Independente: 6 pontos

3° Paragominas: 6 pontos

4° Tapajós: 4 pontos

5° São Raimundo: 1 ponto

                                                 Por Fábio Relvas / Foto: Dominique Cavaleiro do GloboEsporte.com

Deixe uma resposta