Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

São Raimundo e Águia de Marabá empatam em Santarém na estreia do Parazão

O Azulão saiu na frente com Ricardo Maranhão, mas o Pantera empatou com Erick

Por Fábio Relvas
Fotos: Gustavo Campos/GloboEsporte.com

A bola voltou a rolar na tarde deste domingo (20) para a primeira rodada do Campeonato Paraense de 2019. São Raimundo e Águia de Marabá fizeram um duelo equilibrado, no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém. A partida entre santarenos e marabaenses terminou empatada em 1 a 1. Ricardo Maranhão abriu o placar para o Azulão, aos 19 minutos do primeiro tempo, enquanto que Erick deixou tudo igual para o Pantera, aos 33 minutos do segundo.

As duas equipes começaram a partida dispostas a conquistar três pontos. A torcida do São Raimundo fez sua parte e compareceu em grande número, com um público total de 2.944 pessoas no Barbalhão. O Águia não se intimidou com a torcida adversária e teve a primeira chance quando Júnior Rato disparou de longe e o goleiro Jones salvou para escanteio. O Pantera respondeu na mesma moeda no tiro de fora da área de Jeová, mas o goleiro Bruno Colaço mandou para escanteio.

Os dois times seguiram arriscando de longa distância. Tetê disparou e tentou marcar para o Azulão marabaense, o goleiro Jones outra vez teve que mandar para escanteio. Na outra tentativa do Águia, a bola foi morrer no fundo do barbante. Após uma vacilo da zaga do São Raimundo, o atacante Ricardo Maranhão aproveitou e marcou, aos 19 minutos, 1 a 0. O gol calou a torcida santarena nas arquibancadas.

No segundo tempo, a partida foi bastante truncada e paralisada pela arbitragem, com faltas para ambos os lados. O fato curioso da partida é que o árbitro Vanaldo Nascimento dos Santos Júnior acabou sentindo uma lesão durante a partida e teve que ser substituído pelo quarto árbitro Francisco Lopes de Sousa Filho, isso aos 24 minutos da etapa final.

O Águia tentou ampliar com Ramonzinho em cobrança de falta, mas, atento, o goleiro Jones fez a defesa. O São Raimundo foi para o tudo ou nada em busca do empate. Em uma falta cobrada por Eusébio, Erick cabeceou e a bola foi para fora. No lance seguinte, o atacante Erick recebeu de frente e não perdoou, deixando tudo igual, aos 33 minutos, para a festa da torcida do Pantera.

Com incentivo do torcedor, o São Raimundo quase consegue a virada, novamente com Erick, que dominou e chutou para fora. O jogo pegou fogo nos minutos finais. Ainda deu tempo de Eusébio disparar de longe, quase surpreendendo o goleiro Bruno Colaço. Placar final: São Raimundo 1 x 1 Águia.

(Foto: Gustavo Campos/GloboEsporte.com)
Futebol

Clube do Remo vence o Izabelense no último teste visando a estreia no Parazão

Os azulinos não tiveram dificuldades e venceram, por 3 a 0, com direito a gol de Echeverría

Por Fábio Relvas
Foto: Samara Miranda/ASCOM Remo

O Clube do Remo realizou seu último teste visando a sua estreia no Campeonato Paraense de 2019. Na tarde deste domingo (20), o Leão Azul enfrentou o Izabelense, no Estádio Edilson Abreu, o Abreuzão, em Santa Izabel do Pará, que fica a 36 km da capital. Os azulinos não tomaram conhecimento do adversário e com tranquilidade venceram a partida por 3 a 0.

Como vem fazendo nos jogos amistosos, o técnico João Neto, o Netão, colocou um time em cada tempo de partida. O time começou muito bem o primeiro tempo do jogo, com a equipe que consistiu de: Vinícius; Djalma, Mimica, Rafael Jensen e Ronaell; Robson, Dedeco e Diogo Sodré; Gustavo Ramos, David Batista e Henrique.

O Leão Azul foi logo abrindo o marcador, com o gol de cabeça do atacante David Batista, aos seis minutos, fazendo a festa do Fenômeno Azul, que mais uma vez compareceu em grande número ao estádio.

Na etapa final, o técnico Netão trocou o time e quem entrou mostrou serviço ao comandante, que vem tirando suas dúvidas para escalar a onzena titular para a partida de estreia do Parazão. A equipe da etapa derradeira foi formada por: Evandro Gigante (Thiago); Geovane, Kevem, Fredson (Samuel) e Tiago Félix; Vacaria, Welton, Echeverría e Wallacer; Mário Sérgio e Alex Sandro.

O time do Remo impôs seu ritmo de jogo e marcou mais duas vezes, com o zagueiro Fredson, que foi para a área e deixou sua marca, aos 9 minutos, e com o meia paraguaio Echeverría, que já vem ganhando o carinho da torcida azulina, aos 43 minutos. Placar final: Izabelense 0 x 3 Remo.

O Clube do Remo faria sua estreia no Campeonato Paraense de 2019, na tarde deste domingo, contra o Tapajós de Santarém, no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém. Mas, como o maior palco de futebol do estado do Pará está interditado para jogos no mês de janeiro, a Federação Paraense de Futebol (FPF) teve que adiar a partida contra o Boto para outra data que ainda não foi oficialmente divulgada, podendo ser no dia 2 ou 9 de fevereiro.

Sendo assim, o Leão Azul vai fazer sua estreia na segunda rodada do Parazão diante do São Raimundo, no próximo sábado (26), no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém.

Futebol

Paragominas e Independente estreiam vencendo na abertura do Parazão 2019

O Jacaré venceu o Bragantino, enquanto que o Galo Elétrico bateu o Japiim

Por Fábio Relvas
Foto: Júnior Borges

A bola começou a rolar neste sábado (19) para o Campeonato Paraense de 2019. Dois jogos movimentaram o início do estadual que chega a sua 107ª nesta temporada. As duas primeiras partidas da 1ª rodada do Parazão foram realizadas no interior do estado com o duelo entre Bragantino e Paragominas, no Estádio Olímpico São Benedito, o Diogão, em Bragança, e Castanhal e Independente, no Estádio Maximino Porpino, o Modelão, em Castanhal.

Na partida da tarde, entraram em campo as equipes do Bragantino e Paragominas. Jogando em casa e com muita festa de sua torcida fanática, o Tubarão do Caeté tentou impor seu ritmo de jogo. A pressão deu certo e logo aos seis minutos de bola rolando, o Bragantino abriu o marcador, após cruzamento na área, Paulo de Tárcio aproveitou e mandou para o fundo do barbante, marcando o primeiro gol da competição, 1 a 0.

A equipe do Jacaré do Norte não desanimou com o gol sofrido e foi em busca do empate, que aconteceu minutos depois. Em uma cobrança de falta, Michel acertou no ângulo da meta defendida pelo goleiro Axel e deixou tudo igual, aos 11 minutos, 1 a 1. Antes de terminar a primeira etapa, os times tiveram dificuldades com a forte chuva que caiu na cidade de Bragança, deixando o gramado bastante molhado e pesado.

Na etapa derradeira, os dois técnicos  Agnaldo de Jesus do Bragantino, e Samuel Cândido do Paragominas  fizeram todas as suas substituições para tentar mudar a história do confronto. Melhor para o Paragominas, que chegou ao gol da vitória quando Wilcker cruzou da direita e o baixinho Everson Bilau, que entrou no segundo tempo, subiu de cabeça para marcar, o goleiro Axel ainda tentou tirar, mas a arbitragem validou o gol, aos 33 minutos. Placar final: Bragantino 1 x 2 Paragominas.

No jogo da noite, foram a campo os times do Castanhal e Independente. O Galo Elétrico não se intimidou por jogar fora de casa e foi para cima do Japiim da Estrada. Em um contra-ataque fulminante, Rai Gol abriu o placar a favor do Independente, logo aos 11 minutos de jogo. Não demorou muito para os visitantes ampliarem o marcador, através de Fazendinha, que aproveitou a falha da zaga e fez 2 a 0 para o time do técnico Charles Guerreiro, aos 22 minutos jogados.

Com uma boa vantagem no placar, o Independente começou a tocar a bola fazendo a equipe do Castanhal correr atrás do prejuízo, meio que desesperadamente. A equipe castanhalense diminuiu com o atacante Abuda, ex-Corinthians, que deixou sua marcar aos 27 minutos do primeiro tempo, 2 a 1. Após o gol, o Japiim cresceu na partida e tentou de todas as formas conquistar pelo menos um empate, mas parou no bom goleiro Redson, e na trave, na tentativa de Abuda. Placar final: Castanhal 1 x 2 Independente.

Classificação do Parazão 2019

Grupo A1

Águia: 0 ponto
Remo: 0 ponto
São Francisco: 0 ponto
Bragantino: 0 ponto
Castanhal: 0 ponto

Grupo A2

Independente: 3 pontos
Paragominas: 3 pontos
Paysandu: 0 ponto
São Raimundo: 0 ponto
Tapajós: 0 ponto

Futebol

Sport Clube Itupiranga vence o Águia de Marabá em amistoso beneficente

A partida foi para ajudar a equipe do Itupiranga a pagar taxas de profissionalização

O Águia foi até o município de Itupiranga, que fica distante 48 km da cidade de Marabá para enfrentar o time do Sport Clube Itupiranga (SCI), em amistoso beneficente, no Estádio Jaime Sena Pimentel. A partida foi realizada na tarde deste sábado (5) e terminou com o placar de 2 a 1 para a representação do Itupiranga. A equipe da casa saiu na frente com o gol de Vinícius. O Azulão marabaense reagiu e deixou tudo igual com o tento assinalado por Tetê. Mas os donos da casa foram para cima e chegaram ao gol da vitória com Adriano.

A partida amistosa foi beneficente para ajudar a equipe do Sport Clube Itupiranga a pagar taxas de profissionalização junto a Federação Paraense de Futebol (FPF). Os torcedores que compareceram ao Estádio Jaime Sena Pimentel, pagaram o valor de R$ 10 para acompanhar a partida. A ideia da diretoria do novo clube do sudeste do Pará, fundado em 2018, é de tornar o time profissional o mais rápido possível e disputar a próxima Segundinha do Parazão.

Para o Águia de Marabá foi um teste visando sua estreia no Campeonato Paraense de 2019. A equipe do técnico João Galvão está no Grupo A1 do Parazão, ao lado de Clube do Remo, Bragantino, Castanhal e São Francisco, mas vai disputar partidas contra os time que estão no Grupo A2 como: Paysandu, São Raimundo, Independente, Paragominas e Tapajós. O Águia faz sua estreia contra o São Raimundo, no dia 20 de janeiro, às 18h, no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão, em Santarém.

“O amistoso foi bom para movimentar a equipe. O resultado não veio, mas estamos satisfeitos. É claro que o torcedor vai cobrar o resultado positivo, assim como a gente, queríamos ter vencido. O importante é quando valer os três pontos. Teremos dois jogos seguidos fora da casa pelo Parazão e pretendemos sair com três pontos de Santarém, ou no mínimo quatro, quando temos uma sequência enfrentando o São Raimundo e o Tapajós”, afirmou João Galvão.

Antes de fazer sua estreia no Campeonato Paraense, o Águia de Marabá ainda terá mais um amistoso pela frente. Os comandados do técnico João Galvão vão enfrentar o Imperatriz-MA, o chamado Cavalo de Aço, no próximo sábado (12), às 19h, no Estádio Frei Epifânio d’Abadia, em Imperatriz. Um teste de fogo para a equipe paraense, já que o time maranhense conquistou o acesso para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C.

                                                                                                   Por Fábio Relvas / Foto: Paulo Henrique

Futebol

Carajás é goleado pelo Vasco na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O time paraense, da Ilha do Outeiro, até saiu na frente, mas não aguentou a força dos garotos vascaínos

O Carajás Esporte Clube não teve a mesma sorte que o Clube do Remo. Na estreia pela 50ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o time paraense foi goleado, por 4 a 1, para os garotos do Vasco da Gama. A partida foi válida pela 1ª rodada do Grupo 27 da competição e realizada na tarde desta sexta-feira (4), no Estádio Joaquim de Morais Filho, conhecido como do Joaquinzão, em Taubaté.

O time paraense da Ilha de Outeiro, o chamado Pica-Pau, até que começou bem a partida e abriu o placar com gol de Juninho, aos 9 minutos de bola rolando. O time do Vasco resolveu acordar na partida e foi para cima do adversário. Após boa tabela do ataque cruzmaltino, a bola chegou até Lucas Santos, que chutou de fora da área para deixar tudo igual, 1 a 1, aos 12 minutos.

Daí em diante, só deu Vasco. A equipe carioca quase desempatou com Talles, que de frente para o gol adversário, chutou para fora. Em uma roubada de bola cruzmaltina, o volante Caio Lopes mandou por cima da meta adversária. A pressão vascaína era grande em busca do segundo gol. Em uma bola na área, Tiago Reis chutou cruzado e parou na defesa do goleiro Hiago, que salvou com os pés, na sobra Lucas Santos cruzou e a zaga do Carajás cortou para escanteio.

A pressão resultou na virada vascaína. João Pedro cobrou escanteio pela direita, Tiago Reis subiu de cabeça no primeiro pau, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro, aos 34 minutos, 2 a 1. Não demorou muito para o Vasco ampliar com um gol parecido. Lucas Santos cobrou escanteio pela esquerda e Caio Lopes subiu na primeira trave e ampliou para 3 a 1, aos 42 minutos do 1° tempo.

Na etapa final, os vascaínos marcaram logo com um minuto de bola rolando, com o volante Caio Lopes, que recebeu passe na frente e tocou na saída do goleiro Hiago, 4 a 1. O lance que chamou a atenção na partida e para os empresários de plantão, foi do camisa 10 do Vasco da Gama, Lucas Santos, que em uma linda jogada individual, o atleta vascaíno driblou três adversários e cruzou, a zaga fez o corte. A jogada levantou os torcedores do Gigante da Colina nas arquibancadas do Estádio do Joaquinzão, em Taubaté.

O Vasco não deixava o adversário chegar e continuou atacando. Coutinho fez cruzamento da esquerda, o goleio Hiago não conseguiu cortar, a bola ficou com João Pedro que rolou para o chute de Tiago Reis, desviando na zaga do Carajás e se perdendo pela linha de fundo. O quinto gol quase saiu quando João Pedro cobrou escanteio e Ulisses cabeceou para fora. Nas poucas chances que teve, o time do Pica-Pau não soube aproveitar. Em uma falta que era para ser ensaiada, dois jogadores se atrapalharam, Bambam e Tiago, mesmo assim Bambam conseguiu cruzar e a zaga do Vasco cortou o perigo.

Os garotos do Vasco mostraram muita raça e vitalidade em campo. Em uma roubada de bola na intermediária, Vinicius tabelou com Laranjeira, recebeu na frente e ainda conseguiu cruzar, a zaga do Carajás cortou. No lance seguinte, o zagueiro Jorge do Carajás cortou e quase marcou gol contra, o goleiro Hiago teve que se esticar todo e jogar para escanteio. Era um massacre vascaíno. Lucas Santos cruzou e Werick se antecipou e desviou, mas parou na boa defesa de Hiago. Placar final: Vasco 4 x 1 Carajás.

Com a goleada, o Vasco assumiu a liderança do Grupo 27, com três pontos. O Taubaté-SP também tem três pontos, após vencer o Tubarão-SC, por 2 a 1, mas fica em segundo pelo saldo de gols. Tubarão-SC e Carajás, são os lanternas com zero ponto cada. A 2ª rodada do grupo será na próxima segunda-feira (7) com as partidas entre Taubaté x Carajás, às 13h30, e Tubarão x Vasco, às 15h30, ambas no horário de Brasília e no Estádio Joaquim de Morais Filho, conhecido como do Joaquinzão, em Taubaté.

                                                           Por Fábio Relvas / Foto: Danilo Sardinha do GloboEsporte.com

Esporte

Clube do Remo vence o Visão Celeste na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O Leão Azul começou com o pé direito sua campanha na Copinha e lidera o Grupo 20

O Clube do Remo da categoria Sub-20, o chamado Leãozinho, começou com o pé direito sua campanha na 50ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na tarde desta quinta-feira (03), o Remo encarou a equipe do Visão Celeste-RN, e venceu pelo placar de 1 a 0, gol assinalado pelo atacante Amaury, aos 22 minutos da etapa derradeira de jogo. A partida foi realizada no Estádio Ernesto Rocco, em Porto Feliz, no interior paulista.

Com o triunfo, os azulinos lideram o Grupo 20 da Copinha, ao lado do time do Desportivo Brasil-SP, com três pontos conquistados. A equipe paulista, dona da casa, também venceu sua partida de estreia, por 1 a 0, diante do Uberlândia-MG. O Clube do Remo volta a campo contra o Uberlândia, pela 2ª rodada da Copa São Paulo, no próximo domingo (6), às 15h, no horário do estado do Pará. A partida também será realizada no Estádio Ernesto Rocco, em Porto Feliz, a 120 km da capital paulista.

Além do Clube do Remo, o Carajás Esporte Clube, o chamado Pica-Pau do Outeiro, também vai representar o estado do Pará na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A equipe paraense está no Grupo 27 da competição, ao lado de Taubaté-SP, Tubarão-SC e Vasco da Gama-RJ. A estreia do Carajás será diante do Vasco da Gama, às 15h, horário do estado do Pará, no Estádio Joaquim de Morais Filho, conhecido como do Joaquinzão, em Taubaté.

Por Fábio Relvas