Paysandu venceu o Remo no clássico solidário com diferença de 14 cestas básicas

O 1° Re x Pa Solidário teve como objetivo arrecadar doações em prol dos ambulantes
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Clube do Remo e Paysandu Sport Club não estão jogando nas quatro linhas devido a paralisação do futebol por conta da pandemia do novo Coronavírus. Mas os rivais bateram um bolão neste sábado (04/04) e realizaram o 1° Re x Pa Solidário, com objetivo de ajudar os vendedores ambulantes, que trabalham nos estádios de futebol do estado do Pará, onde nesse momento estão com as rendas comprometidas por falta de jogos.

As torcidas de Leão e Papão fizeram bonito e atenderam a chamada para realizar doações de álcool em gel, produtos de higiene geral e alimentos não-perecíveis, que foram entregues tanto no estádio Evandro Almeida, o Baenão, como no estádio Leônidas Castro, a Curuzu. Para evitar aglomeração, os torcedores azulinos e bicolores, também puderam fazer suas doações no formato drive-thru (sem sair do carro) e via conta bancária disponibilizada nas redes sociais dos dois clubes.

A missão das duas maiores torcidas do norte do Brasil era de fazer as doações de 9h às 16h. Em tempos de pandemia do Covid-19, o número foi considerado positivo pela organização do evento, onde azulinos e bicolores não se intimidaram e foram aos estádios ajudar o próximo e quem ficou em casa na quarentena aproveitou para realizar suas transferências bancárias no valor de R$ 38.

Em uma disputa acirrada, os bicolores levaram a melhor e conseguiram arrecadar 140 cestas básicas, ficando com o título e levando o troféu de campeão do clássico solidário. Já os azulinos, conseguiram arrecadar 126 cestas básicas, terminando como vice-campeão. Segundo informações dos organizadores do projeto, a torcida do Remo teria mais 20 cestas para doar, mas os remistas chegaram 20 minutos atrasados e acabaram não conseguindo a doação em tempo hábil.

Somando a quantidade de cestas de Leão e Papão, ao todo foram arrecadadas 266 cestas básicas, onde serão entregues as famílias dos ambulantes que trabalham nas partidas de futebol. A organização do projeto Retorno do Rei, que pertence ao Clube do Remo, além de ajudar os vendedores ambulantes, vai realizar doação de cestas básicas para as jogadoras do futebol feminino do Leão Azul.

“No fundo, os vencedores fomos todos nós. Os dois maiores clubes do norte, em tempos de pandemia, arrecadaram juntos mais de dez mil reais em doação (uma cesta básica saiu a R$ 38,00). Isso é maravilhoso e mostra que a rivalidade pode ser aguçada pra fazer uma diferença positiva na sociedade. Que venham os próximos!”, afirmou Vanessa Egla, advogada do projeto Retorno do Rei e idealizadora do Re x Pa Solidário.

                                                                                                                                 Por Fábio Relvas

Publicidade