Parauapebas

Elias Ferreira sugere povoação de peixes nos lagos de Alto Bonito e Nova Carajás

Para revitalizar os espaços existentes em nosso município, o vereador Elias Ferreira (PSB) pediu ao Executivo municipal que povoe de peixes nativos os lagos de Alto Bonito e de Nova Carajás.

O vereador apresentou a proposta na sessão ordinária de terça-feira (11), ao debater a Indicação nº 181/2019. Elias Ferreira explicou que é dever dos cidadãos e do poder público zelar pelas riquezas naturais, para que as futuras gerações possam usufruir um legado de fartura e qualidade de um dos bens mais preciosos da humanidade, a água.

Elias Ferreira destacou que pesquisas revelam e antecipam que em um futuro não muito distante parte da população sofrerá com a escassez de água.

O parlamentar também destacou que a prática da piscicultura, quando não bem cuidada, pode ser um grande poluidor das águas, assim como a correta criação de peixes é um certificado de boa qualidade do líquido.

Para a implementação do pedido, Elias Ferreira antecipou que a análise ambiental constitui o primeiro passo do processo. Isto porque é fundamental avaliar as espécies que poderão estar mais adaptadas para não haver contaminação.

“Em primeiro lugar, devem ser verificadas, principalmente, as condições técnicas para os bons procedimentos de manejo ambiental, de acordo com a legislação em vigor. Alguns ambientes são inadequados, mas acredito que povoar esses lagos proporcionará bons resultados”, alegou Elias Ferreira.

Na proposição sugerida pelo parlamentar, ficou evidenciado que para preservar a qualidade da água deverá existir controle sanitário nos lagos, já que os peixes e outros organismos estão sujeitos a todo tipo de contaminação. Devendo, ainda, passar por um rigoroso processo de seleção natural contra doenças, inclusive buscando na natureza condições e alimentos para melhor resisti-las.

Ao apresentar a proposta de inserção de peixes nos lagos, o vereador apontou que as espécies mais importantes na criação de peixes nativos são o tambaqui, o pintado amazônico e o pirarucu. Para a produção de alevinos, os destaques são os siluriformes, peixes de couro, corpo roliço e alongado, sem espinhas intramusculares e bom rendimento de filé.

Ao finalizar a exposição da indicação, Elias Ferreira reafirmou que a criação de peixes nos dois lagos da cidade é uma importante atividade que pode ser desenvolvida com o intuito de melhorar a qualidade da água. Com a assistência técnica da Secretaria de Produção Rural, a gestão municipal pode criar condições de uma ou duas vezes por ano liberar a pesca artesanal nesses locais, para desenvolver atividade de lazer em nossa cidade.

Concordando com a sugestão do vereador Elias, o parlamento aprovou a proposição, que será enviada ao Executivo municipal para análise de viabilidade do pedido.

Deixe seu comentário