Homens “se comem na faca”. Um morre e o outro está hospitalizado

Uma discussão em um bar, na madrugada do Dia de Finados, acabou em banho de sangue e um homem no cemitério
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Esse foi o saldo de uma briga em um bar localizado na esquina das ruas Daniela Peres com Mato Grosso, no Bairro Guanabara, em Parauapebas. Segundo informações repassadas para a polícia, era por volta de uma hora da madrugada deste sábado (2), Dia de Finados, quando João Lima, 38 anos, e Raimundo Luna das Dores, 52, natural de Pedreiras (MA) teriam começaram uma discussão no local.

Não se sabe o motivo do bate-boca, mas a discussão entre os dois caminhou para a luta corporal, em que Raimundo das Dores estava armado uma faca de cozinha e João Lima com uma faca de mesa. Durante o embate, que começou no estabelecimento comercial e se deslocou para o meio da rua, os dois se esfaquearam mutuamente.

Porém, em determinado momento, já no meio do quarteirão João Lima conseguiu tomar a faca de Raimundo e desferiu vários golpes fatais no adversário, que morreu instantaneamente no local. João Lima foi socorrido em estado grave com várias perfurações pelo corpo, em um veículo particular, e conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cidade Jardim.

As polícias e Civil e Militar, além de uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local. Após os levantamentos de praxe, o corpo de Raimundo Luna das Dores foi removido e encaminhado ao Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, de Parauapebas

Enquanto isso, a equipe de investigadores se dirigiu à unidade hospitalar para identificar e dar voz de prisão ao homicida, que continua internado, segundo informações do hospital, em estado muito grave. O Departamento de Homicídios da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil aguarda a recuperação de João Lima, para ouvi-lo em depoimento, e busca identificar possíveis testemunhas da briga para elucidar os motivos do desentendimento que terminou em morte.

(Caetano Silva)

Publicidade

Relacionados