Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

Delegado Sérgio Máximo está afastado da Delegacia de Jacundá

Ele é presidente do Diretório Municipal do "Podemos", e por força da Lei deve se afastar do cargo no período eleitoral.
Continua depois da publicidade

O delegado do município de Goianésia do Pará, Djalma Antonio Paulo dos Santos, responderá temporariamente pela Delegacia de Jacundá em substituição ao delegado Sérgio Máximo dos Santos. É que ele foi afastado temporariamente pela justiça em decorrência de uma Ação Civil Pública ajuizada pelo promotor de Justiça de Jacundá, Dr. Sávio Ramon Batista da Silva e acatada pelo Juiz Edinaldo Antunes Vieira. Máximo já havia solicitado afastamento temporário desde a semana passada.

A decisão da Justiça de Jacundá em afastar o delegado durante o período eleitoral foi tomada tendo em vista que, atualmente, o delegado ocupa a presidência do Diretório Municipal de Jacundá do partido político “Podemos”. Por força da lei, o agente público deveria se afastar temporariamente de suas funções, deixando, inclusive, de frequentar as dependências administrativas do prédio da Policia Civil de Jacundá durante o período eleitoral, de 15 de agosto a 28 de outubro.

O juiz Edinaldo Vieira decidiu pelo afastamento temporário do delegado sem a aplicação de sanção e sem prejuízo de sua remuneração. Definiu também que o afastamento deve iniciar 24 horas após a intimação pessoal do requerido, para que sejam realizadas providências no sentido de designar outra autoridade policial para substituir o delegado afastado.

Veja também:  Entenda as mudanças na eleição de deputados em 2018

Ouvido pela reportagem do Blog, o delegado disse que já havia solicitado seu afastamento. “Desde a semana passada não frequento a Delegacia de Jacundá, justamente por se tratar dessa questão política”.

Por Antonio Barroso –  correspondente em Jacundá

 

Deixe uma resposta