Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Cinco empresas vencem primeira licitação para o Distrito Empresarial de Canaã

A expectativa inicial é e que 400 postos de trabalho sejam gerados com as empresas em atividade. Nos próximos 60 dias nova rodada  licitatória será realizada e mais 17 empresas concorrerão.

A assinatura dos contratos aconteceu na noite deste sábado (29), no palco da 3ª Fencan (Feira de Negócios de Canaã dos Carajás). Representantes das cinco empresas vencedoras da primeira licitação estiveram presentes, junto com o prefeito Jeová Andrade, entre outras autoridades. As empresas são: Vix Transportes, U&M, Alvorada Mangueiras, AC & Construtora; e CST Construservice. Elas já estão liberadas para se instalar e atuar no Distrito Empresarial “Antônio José de Araújo”, inaugurado no início deste ano.

Segundo Jeová Andrade, a expectativa inicial é de que 400 novos postos de trabalho sejam gerados com as empresas em atividade. “Uma das nossas maiores prioridades é a geração de emprego e renda em Canaã. Sabemos que esse é um importante passo e uma conquista para todos nós. A nossa meta é alavancar o desenvolvimento econômico de Canaã e vamos conseguir”, pontuou.

Para conceder o terreno, o governo levou em consideração requisitos técnicos como a formação de cadeia de fornecimento de matéria prima renovável e com potencial de ser produzido no município, empresas com certificação internacional de compromisso ambiental, entre outros. Essas condições não são desclassificatórias, porém servem para classificar as empresas durante a concorrência.

Veja também:  Pará tem 3º melhor saldo e Parauapebas é 4º maior exportador do Brasil

Dotado de infraestrutura completa, com asfalto de qualidade, água, tratamento de esgoto, energia elétrica e até heliporto, o Distrito vai poder abrigar empresas de ramos diversos e conta com um parque industrial, de serviços e logística, e mais dois polos: o da pequena indústria e da educação, preparado para receber instituições de ensino.

A área foi utilizada pela mineradora Vale para realizar a estocagem de estruturas e montagem de 109 módulos que compõem a usina de processamento da mina de S11D, inaugurada em 2016. Com o início da operação da extração mineral, a estrutura foi doada à prefeitura em outubro de 2017. Nos próximos 60 dias uma nova rodada licitatória será realizada onde mais 17 empresas concorrerão.

Deixe uma resposta