Jacundá

Câmara acata decisão judicial e reempossa Zé Martins prefeito de Jacundá

Cassado há mais de um ano, o prefeito travou dura batalha na Justiça contra adversários políticos e obteve a vitória, voltando a sentar na cadeira do Executivo

O presidente da Câmara Municipal de Jacundá, Clayton Guimarães de Maria (PR) reconduziu José Martins de Melo Filho, o Zé Martins, do MDB, ao cargo de prefeito do município, em clima de festa para os simpatizantes do político, na manhã desta terça-feira, 2. A posse aconteceu após decisões favoráveis, da Justiça, ao gestor cassado há mais de um ano. A cerimônia de posse aconteceu no Plenário Dr. Ulisses Guimarães.

“Neste momento, a Câmara de Jacundá está à disposição de vossa excelência. Pode contar com esses 13 vereadores”, afirmou o presidente do Legislativo ao empossar o prefeito. À reportagem, Clayton disse que não pretende recorrer das duas decisões da Justiça local que determinou o retorno de Zé Martins ao cargo de prefeito. A Assessoria do vice-prefeito, Ismael Barbosa, que até então ocupava a cadeira do Executivo, não quis comentar sobre o assunto.

A vereadora Marta Costa (PT), única a discursar, disse, em poucas palavras, estar vendo a “liderança do povo jacundaense voltando com a proteção de Deus”. E completou: “O povo voltará a sorrir de novo, pois merecemos. Não há ninguém acima da lei”. Ela encerrou pedindo ao gestor para olhar com atenção a causa dos profissionais da Educação.

Com plenário lotado de simpatizantes e foguetório em comemoração ao retorno, o prefeito recém-empossado Zé Martins agradeceu a Deus pela oportunidade de estar voltando ao cargo. “Deus me concedeu força e sabedoria para suportar todo esse tempo afastado”.

Também agradeceu ao presidente da Câmara por conduzir o processo de transmissão de cargo. “Estamos de volta antes do previsto pela decisão judicial de ontem. O que passou, passou. Temos agora a responsabilidade de trabalhar por Jacundá, que não pode ficar sacrificado por esses dois anos que passaram. Trabalhar dia e noite para recuperar o tempo perdido”.

 Após a solenidade de posse que contou com todos os 13 vereadores de Jacundá, Zé Martins convidou os parlamentares e populares para levá-lo até a sede da Prefeitura de Jacundá, onde foi recepcionado por dezenas de pessoas.

Deixe seu comentário