Parauapebas

ASCOM

Podem ter certeza que não é perseguição, não faz o meu estilo. A assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Parauapebas, que é dirigida por Alexandre Rosa, mantem convênio com …

Podem ter certeza que não é perseguição, não faz o meu estilo.

A assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Parauapebas, que é dirigida por Alexandre Rosa, mantem convênio com a rádio Arara Azul FM para divulgação de material publicitário do governo Darci Lermen. Dentro desse convênio, está a divulgação do Programa Alô Cidadão. um programa que mostra ao cidadão os seus direitos e o que o governo faz para melhorar a vida do mesmo.

Agora a pouco estava ouvindo a rádio Arara Azul e o programa produzido pela ASCOM Parauapebas. Nele era comentado sobre uma clínica de fisioterapia que a prefeitura disponibiliza aos moradores.

O fato que justifica essa postagem, é que a matéria faz referência à clínica como se a mesma estivesse localizada na Rua C, na Cidade Nova. Pelo que sei, ela já mudou de endereço, funciona na Rua Luiz Gonzaga, 51 – Bairro da Paz – há mais de um mês e a ASCOM não se deu conta disso. Informa erroneamente o endereço, fazendo com que os já debilitados pacientes percam tempo e dinheiro se deslocando para o local errado, demostrando a incapacidade e a falta de compromisso com  a função de informar sobre as coisas do governo.

A desinformação gerada pela ASCOM tem atrapalhado o funcionamento de várias secretarias de governo, sem que nada se faça para solucionar o problema. Me vem  a pergunta: o que será que esse caboclo tanto sabe que, costumeiramente não divulga, para se manter no cargo?

Atualização:

A ASCOM enviou, agora a pouco, ofício à Radio Arara Azul FM, que foi prontamente lido pelo radialista Demerval Moreno, solicitando a veiculação de anúncio comunicando o equívoco e apresentando o novo endereço da Clínica de Fisioterapia.

16 comentários em “ASCOM

  1. Anônimo Responder

    O problema da ASCOM, meu caro Zé, é que não tem uma gestão séria, que fassa um planejamento para a comunicação do governo. O Alexandre, por exemplo, a principal ação deste moço a frente daquele órgão foi fraudar notas e desviar recursos de lá. Ou será que ninguém viu que ele pagou uma nota no valor de R$ 70.000,00 (isso mesmo, setenta mil reais), para a rádio a Cabo Carajás do Vicente da Umespa. Cá entre nós, como que uma rede sonora de postes de rua prestou um serviço neste valor? isso a gente não sabe. Mas, sabemos pra onde foi o dinheiro, com sua parte o Vicente conprou um saveiro 0km de última geração. Quantas outras notas e parceiros do Alexandre existem pelos corredores da comunidação deste governo? Eu acho que tudo tem limite, é como diz um velho e sábio amigo, “tudo que é de mais é muito”.

  2. Mariana Salles Responder

    Caro Zé Dudu,
    Durante todo o ano de 2009, fui coordenadora da Ascom – Parauapebas e, por isso, sinto-me na obrigação de defender tal assessoria – que desenvolve um excelente trabalho, visto às condições que existem para a realização do mesmo.
    O corpo de trabalho é formado pelos melhores profissionais de comunicação da cidade, mas é reduzido, se olharmos o tamanho da prefeitura. Cinco jornalistas (de verdade, com formação ou registro da categoria) são responsáveis pela cobertura de todas as secretarias. A criação, composta de dois designers, uma produtora, um redator e um fotógrafo, desenvolveu, no ano em que estive lá, toda a publicidade, uma vez que não havia contrato (que estipula o valor de R$ 2.900.000,00 anuais) de nenhuma agência para realizá-lo. Isto é, poucas pessoas, pouco dinheiro. Mesmo assim, campanhas como “Barulho não!”, das formigas (21 anos de Parauapebas) e Maspp se mostraram muito superiores à dos outros anos, mostrando a capacidade dos profissionais. A Ascom também é responsável pela revista InterAÇÃO, com conteúdo não só institucional, mas formador de opinião e educativo, além do belo layout. A Ascom também é responsável pelo citado “Alô Cidadão” e “Café com Prefeito”, além de vts, spots e outros trabalhos relacionados à comunicação.
    No comando disto tudo, está Alexandre Magno, talvez o único petista que ainda está no comando de algum setor relevante da prefeitura.
    O volume de ações e projetos a serem divulgados, apesar de muito aquém das necessidades locais, é grande. As demandas chegam de um dia para o outro, sem respeitar prazos, sendo executadas de forma rápida e pouco estudada.
    Acredito que a Ascom ainda tenha muito o que melhorar, principalmente por se tratar da principal voz do governo. Mas também acredito que este problema com a comunicação esteja ligado as demais secretarias, na representação de seus secretários, que não colaboram com a assessoria. Eles enxergam cada secretaria, departamento e coordenadoria como um órgão isolado – e uma janela política para seu eleitorado. Eles não respeitam a unificação do discurso e parecem não compreender que qualquer feito é uma realização da prefeitura para o povo, e não para beneficiamento da própria imagem. E, para isso, usam uma comunicação que não passa pela Ascom, afinal, “todo mundo entende” de comunicação, não é mesmo?
    A Prefeitura Municipal de Parauapebas tem, com certeza, muitas falhas a serem apontados – tais quais eu perderia meu dia escrevendo aqui. Fico constrangida em saber que a população pouco cobra, assim como fico feliz em saber que existem pessoas, como você, que exercem seu direito de liberdade de expressão pelo bem da cidade – e espero que isso não seja mais uma atitude “politiqueira”. Mas, com tantos defeitos graves para serem apontados, será mesmo que o erro de um endereço merece tanto destaque?
    Agradeço pelo espaço.
    Abs.

  3. Wanterlor Bandeira Responder

    Meu Caro Zé,
    Ascom reprisou o Programa do Prefeito de segunda. O programa foi levado ao ar no mês de dezembro. O Programa Alô Cidadão foi vinculado quando a Clinica ainda funcionava na Rua “C”.
    Sabe o por quer dessa “merda” toda? È o simples fato de não ter o quer mostrar, já se esgotaram todas as pautas dos programas.

  4. Anônimo Responder

    Ao leitor “sua resposta nao e a pergunta” ´realmente para onde foi o dinheiro do carnaval, agora em fale onde ta o dinheiro que o ASPONE recebe atraves da ASCOM. O cara desvia pra caramba, todo mundo que tem serviço na ascom dá uma comissão ao cara. O pior que alem de chupar o dimdim ainda nao faz nada. Eta cabide !! PF neles e MPF.

  5. Zé Dudu Autor do postResponder

    Para reflexão…
    Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo e ela consultou no mapa antes de sair. Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem. Percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado. Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados. Mas ele ainda quer saber: – Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais… E ela diz: – Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

    MORAL DA HISTÓRIA:

    Esta pequena história foi contada por uma empresária, durante uma palestra sobre simplicidade no mundo do trabalho. Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não. Desde que ouvi esta história, tenho me perguntado com mais frequência: ‘Quero ser feliz ou ter razão?’ Outro pensamento parecido, diz o seguinte: ‘Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam. Passe este e-mail aos seus amigos, para ver se o mundo melhora… Eu já decidi… EU QUERO SER FELIZ e você?
    “Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam.”

  6. sua resposta nao e a pergunta... Responder

    caro amigo ze acho que vc esta um pouco extressado, pois nao deve escrever para seus leitores desse geito, amigo vc esta despreparado com tanta besteira, mais o gildasio que tem o direito de escrever o que quizer, e vc tem o direito de publicar o que ele escreveu, mais amigo por que nao desiste entaum de fazer um blog, sobre o alexandre da ascom sera que vc esta querendo derrubar o cara da pasta, porque esta perseguição, meu amigo preste atenção nas coisas, va procurar onde esta o dinheiro dos camorotes do carnaval…..abraço ate a proxima…

  7. ANONIMO Responder

    KKKKKKKKKKKK.Rsrsrsrsrsrsrs. Nooooossa! Suicídio total hein, Zé! Não consegui entender o comentário de alguns.

  8. Carlos Responder

    Zé Dudu, digo com todo respeito que tinha, até então, a este blog.
    Você é realmente um idiota. Não acredito que trate dessa forma as pessoas, assim como eu que gastam um pouco do seu tempo para se manter informado, com tamanha baixaria e falta de respeito.
    Você como jornalista deveria aceitar, mesmo que anonima, qualquer ponto de vista mesmo as mais ignorante. Para um jornalista formado infelizmente você não sabe o que é ética. Usar chacotas entre parenteses ou qualquer forma de falta de profissionalismo para se justificar mostra que realmente nem educação você teve com o próximo. Volto a dizer que você é um idiota.

    Não sou jornalista para falar de você dessa forma, era apenas um leitor do seu blog que cansou de tanta baixaria.

    Se deseja criar um blog fora da área jornalistica, comece anonimo também.

  9. Zé Dudu Autor do postResponder

    Não anônimo, eu não estou interessado no cargo.

    Ao Gildasio: certamente ele está “ezercendo” (credo) um trabalho que para quem o está pagando está a contento, apesar de este blogger achar que não.
    Não me preocupo com a vida dos outros, mas, este blog sempre se posicionou politicamente e mostra os problemas na tentativa de que sejam corrigidos.
    Todavia, como em tudo nessa vida, é difícil agradar a todos e como vejo não o estou agradando. Faz o seguinte: você, como uma pessoa “indonia” (credo de novo), não deve mesmo ficar lendo as besteiras que escrevo. Um abraço.

  10. gildasio Responder

    caro ze dudu acho que o acessor de comunicaçao do municipio merece um premio, devido ao trabalhalho que vem ezercendo frente a ascom , acho que vc devia pensar melhor nas postagem que vem escrevendo sobre pessoas indonias , vc devia se preocupar mais com sua vida do que com a vida dos outros, devido vc so escrever besteiras no seu blog ja ta ficando repetitivo suas perseguicoes sobre algumas pessoas que estao a frente do governo darci lermem

  11. paulo Responder

    amigo eu acho que não e perseguiçao com o acessor de comunicação e inveja .pessa ao prefeito o cargo do acessor.

  12. Anônimo Responder

    Será mesmo que não é perseguição???

    Quem seria melhor gabaritado para o cargo????

    Você! Caro “jornalista”? Aliás, onde vc se formou mesmo?????

  13. Renatinho Responder

    Prezado Zé Dudu,

    Com certeza o que le sabe para se manter no cargo é algo que deve passar longe de qualquer coisa ligada a Comunicação.
    Com certeza são coisas “incomunicáveis”.

Deixe seu comentário