Vox Populli aponta Josemira com 41% das intenções de voto em Canaã

Nova pesquisa do Instituto Vox Populi aponta a candidata do MDB com quase 15 pontos de diferença em relação ao segundo colocado
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Instituto Vox Populi divulgou, nesta segunda-feira (19), nova pesquisa sobre a corrida eleitoral em Canaã dos Carajás (PA). Mais uma vez, a candidata do MDB à prefeitura, Josemira Gadelha, aparece bem à frente do segundo colocado, Jean Carlos, do Podemos. Segundo o levantamento, Josemira está com 41% das intenções de voto contra 27% do segundo colocado, no cenário estimulado.

Já no cenário espontâneo, quando o entrevistado afirma em quem votar sem que lhe seja mostrado nenhum nome, Josemira aparece com 35% contra 24% de Jean Carlos.

A pesquisa do Vox Populi, registrada no Tribunal Eleitoral do Pará sob o nº PA-08251/2020, entrevistou 400 pessoas entre os dias 13 e 16 de outubro, em todos os bairros e vilas de Canaã dos Carajás. O nível de confiança é de 95%. O levantamento mostra uma tendência já apontada em pesquisas anteriores: de ascensão de Josemira Gadelha e queda de Jean Carlos.

Em março, de acordo com o Instituto Skala (pesquisa registrada sob o nº 01843/2020) , Jean Carlos tinha 57,3% dos votos, enquanto Josemira Gadelha aparecia com 14,3%. Em agosto, os números do Instituto Doxa (registro no TSE nº 04330/2020) mostravam Jean Carlos com 48,2% contra 26,8% de Josemira Gadelha.

Um mês depois, em setembro, uma nova pesquisa do Instituto Doxa (registro no TSE nº 01416/2020) mostrou Jean Carlos com 44,6% e Josemira Gadelha, com 27,4%. Entre setembro e outubro, uma nova pesquisa, agora realizada pelo Instituto Vox Populi (registro no TSE nº 04893/2020), apontou um empate técnico entre os dois candidatos, quando Jean Carlos aparecia com 31% contra 30% de Josemira. 

Recentemente, no final de setembro, Jean Carlos sofreu um duro golpe na sua candidatura: a ida de integrantes do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público do Estado, à sua casa, para investigar a sua participação em uma organização criminiosa instalada na Câmara de Vereadores da cidade à época em que ele era presidente da Casa.

A notícia caiu como uma bomba sobre os moradores de Canaã dos Carajás e seus efeitos já podem estar refletindo nas últimas pesquisas eleitorais. De acordo com o inquérito instaurado pela Justiça paraense, os desvios passam de R$ 7 milhões no período em que Jean Carlos era presidente da Câmara de Vereadores. Ele responde, inclusive, a cinco crimes na Justiça, incluindo Formação de Quadrilha, Licitação Fraudulenta e Lavagem de Dinheiro.

Perfis – Josemira Gadelha é advogada, ex-presidente da subseção da OAB em Canaã dos Carajás e foi indicada para a sucessão pelo atual prefeito do município, Jeová Andrade, apontado como um dos melhores gestores do Brasil. Já o ex-vereador Jean Carlos tem por trás da sua candidatura o apoio do deputado estadual Wenderson Chamon, o Chamonzinho, dono do grupo Correio de Comunicação.