Violência: prefeito de Goianésia do Pará é assassinado em um velório.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

russo 2O prefeito do município de Goianésia do Pará, localizado às margens da PA-150, no sudeste do Pará, João Gomes, conhecido popularmente como “Russo”, foi assassinado por volta das 20h30 deste domingo (24), quando participava de um velório na cidade.

Segundo informações de populares, o prefeito “Russo” chegou ao velório para prestar seu voto de pesar à família enlutada, cumprimentando a todos. Dois homens ainda não identificados já se encontravam no local quando de repente chamaram pelo nome de “Russo” e de arma na mão dispararam cinco tiros na cabeça do prefeito João Gomes, o mesmo teve morte instantânea.

Após a execução sumária, os meliantes fugiram do local em uma motocicleta. As Polícias Militar e Civil montaram uma força tarefa que envolve, ainda, a Polícia Rodoviária Estadual para tentar prender os assassinos. Todas as estradas e vicinais que ligam o município foram fechadas e reforços foram sendo enviados  à cidade para ajudar nas buscas dos assassinos.

A população da cidade está temerosa, pela forma bárbara que o prefeito foi assassinado, já que boatos dão conta de que foi mais um crime premeditado através de pistoleiros.

João Gomes da Silva, o “Russo”, natural da cidade de Barras, no estado do Piauí, completaria em junho, 63 anos de idade e cumpria seu primeiro mandato eletivo. Foi eleito com 6,70 votos, ou 34,81% dos votos válidos, pelo Partido da República.

A Câmara de Vereadores de Goianésia do Pará deverá se reunir extraordinariamente na manhã desta segunda-feira (25) para dar posse imediata ao vice-prefeito Antônio Pego (PSC), conhecido como “Tonhão”.

Fonte e Fotos: Wellington Hugles – de Goianésia do Pará