Tucuruí: Moradores fecham os dois acessos ao residencial da Eletronorte

A interdição começou por volta de 7h30 desta terça-feira (11). Os moradores estão há duas semanas fazendo manifestação, pedindo a suspensão da cobrança de energia elétrica e a regularização dos imóveis que ocupam
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Moradores interditaram os dois acessos à Vila da Eletronorte em Tucuruí

Continua depois da publicidade

Moradores da Vila Residencial da Eletronorte, em Tucuruí, no sudeste do Pará, voltaram a bloquear a entrada da portaria principal da vila na manhã desta terça-feira (11). Os manifestantes também interditaram o segundo portão de acesso ao residencial, pelo Km 11, deixando tudo isolado.

Os moradores pedem reunião com a Eletronorte para definir a regularização dos imóveis que ocupam, assim como a suspensão da cobrança de energia elétrica. Nos últimos dias, além das manifestações, os moradores também tentam impedir o início da instalação de medidores de energia nas casas.

Ontem, segunda-feira (9), os veículos da empresa Equatorial estavam sendo escoltadas pela Polícia Militar, para realizar a instalação dos equipamentos. Eles querem que cobrança de energia seja suspensa, até a regularização dos imóveis.

Os moradores afirmam que a taxa de energia já estava embutida no valor da locação dos imóveis. Agora, com o início da cobrança pelo consumo registrado em medidores, eles dizem que as despesas devem aumentar consideravelmente.

Os manifestantes seguem mobilizados e afirmam que não irão parar com os protestos, até serem recebidos pela Eletronorte. Na semana passada, a Eletronorte emitiu nota, informando que está cumprindo determinação judicial quanto à cobrança de energia, e suspendeu, temporariamente, o processo de contratação de imobiliária para administrar os imóveis, até a conclusão dos estudos em curso sobre a gestão da vila.

Tina DeBord