Secretário de Saúde do Pará recebe Conselho de Saúde de Tucuruí

Na ocasião, foi entregue um relatório das mudanças realizadas pela gestão do Instituto Diretrizes no Complexo Hospitalar do município
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
O presidente do Conselho Municipal de Saúde de Tucuruí, Júlio Pinheiro do Carmo, entrega relatório ao titular da Sespa, Romulo Rodovalho

Continua depois da publicidade

Em audiência realizada nesta segunda-feira (16), o secretário de Saúde Pública do Pará, Romulo Rodovalho Gomes, recebeu representantes do Conselho Municipal de Saúde de Tucuruí e do Instituto Diretrizes – respectivamente, o presidente Júlio Pinheiro do Carmo e o diretor regional Robson Roberto Rosa. Na ocasião, foi entregue um minucioso relatório da visita técnica realizada pela coordenação do CMS ao Complexo Hospitalar do município, que inclui o Hospital Regional de Tucuruí (HRT) e a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon).

O documento é uma resposta a insatisfações com os serviços realizados pelo HRT/Unacon, repassadas pelo secretário em meados de 2020, e que serviram como base para as mudanças implementadas pela coordenação do Instituto Diretrizes, responsável pela gestão do Complexo, através do diretor-geral Carlos Tabosa, em parceria com a Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa). 

Audiência com o secretário Romulo Rodovalho, Júlio Pinheiro e Robson Rosa

“Muitos foram os avanços, e hoje estamos aqui para parabenizar a Sespa, o Instituto Diretrizes e a direção do Hospital Regional de Tucuruí por tudo que vem sendo feito,” disse Júlio Pinheiro. “Atendendo às demandas do Conselho e da comunidade, realizando grandes progressos que estão possibilitando que o nosso HRT e a Unacon sejam uma referência no atendimento à saúde dos moradores da região do Lago”.

No relatório, o CMS aponta reformas e adequações realizadas em diversos setores do Hospital; a implementação de novos equipamentos para realização de exames; o pleno funcionamento da clínica psiquiátrica; a ampliação no atendimento à população, por meio da implantação e manutenção de duas alas dedicadas à Covid-19 e o funcionamento contínuo do Pronto Socorro, possibilitando serviços de urgência e emergência. “Além da humanização nos atendimentos a toda a nossa população,” salientou o presidente do Conselho.

Os atendimentos na Unacon também foram ampliados, com a realização de diversas cirurgias oncológicas. Outro avanço foi a instalação, em caráter definitivo, de um mamógrafo, para responder à crescente demanda das mulheres da região do entorno do Lago de Tucuruí.

Policlínica de Saúde da Região do Lago de Tucuruí e Centro de Hemodiálise

Durante a audiência, Pinheiro aproveitou para solicitar, em caráter de urgência, empenho para a implantação do Centro Regional de Hemodiálise, que melhoraria a qualidade de vida dos pacientes que precisam se deslocar para outras regiões em busca da realização do procedimento. Trata-se de um desejo antigo para o Complexo Hospitalar, o qual realizou seu primeiro tratamento de hemodiálise em um paciente com Covid-19 em maio deste ano.

“Nos falta agora o Centro Regional de Hemodiálise, para que a cidade de Tucuruí se transforme também em um polo no tratamento de hemodiálise da região, passando a absorver os pacientes dos municípios do entorno do lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí,” defende Pinheiro.

O secretário informou que, por determinação do governador Helder Barbalho, está sendo implantada a Policlínica de Saúde da Região do Lago de Tucuruí, visando sanar a grande demanda por atendimentos especializados na área. O novo centro de saúde deverá entrar em funcionamento nos próximos meses. Rodovalho também afirmou que todos os esforços serão feitos para que, até o final deste ano, o Centro Regional de Hemodiálise se torne uma realidade.

“Com união e compreensão, as mudanças são concretizadas,” disse Romulo Rodovalho, ao fim da audiência. “Sentimo-nos felizes e com a missão de dever cumprido quando um órgão tão importante como o Conselho Municipal de Saúde traz ao nosso conhecimento que os serviços disponibilizados pelo estado estão sendo satisfatórios, pois assim nossa população é contemplada,” comemorou.  “Essa é a meta do governo Helder Barbalho, levar atendimento de saúde a todos os nossos paraenses”.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde de Tucuruí destacou que a função do órgão que representa é buscar as melhorias necessárias para o atendimento da população e agradeceu a atenção do secretário nestas questões. Ele disse ainda que as críticas originais foram apontadas em um momento de adequação na implantação da gestão compartilhada do HRT.

“Agora, temos a responsabilidade de reconhecer que, ao longo da atuação administrativa realizada pelo Instituto Diretrizes, as coisas mudaram e para melhor. Chegou o momento de parabenizar a equipe da Sespa e todos os que fazem parte da gestão do Complexo Hospitalar de Tucuruí, transformando-o em uma unidade com a meta primordial de cuidar de nossos pacientes e salvar vidas,” concluiu Júlio Pinheiro.

Por Anna Vale