Redenção: Galos usados em rinhas são resgatados e doados para serem cuidados

Ao todo, 11 animais foram resgatados. Eles apresentavam sinais de maus-tratos e eram injetados com anabolizantes, para ficarem mais fortes e brigar mais
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma operação da Secretaria de Meio Ambiente, com ao apoio da Polícia Militar, resgatou 11 galos utilizados em uma rinha em Redenção, no sul do Pará. Os animais apresentavam sinais visíveis de maus-tratos e recebiam doses injetadas de anabolizantes, para terem mais massa muscular e brigar mais.

Durante a apreensão, na última sexta-feira (1º), ninguém foi preso. O caso foi registrado na Polícia Civil, que vai investigar o caso.

O proprietário foi identificado, mas não estava no local. Segundo os agentes da Secretaria de Meio Ambiente de Redenção, alguns galos estavam cegos e não tinham mais os esporões, além de terem outros ferimentos. Os 11 animais foram doados para o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Redenção (STRR) para serem tratados e reinseridos junto a outras aves, mas não servem para alimentação por conta dos anabolizantes que recebiam.

Tina DeBord