Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esportes

Paysandu empata com o Criciúma e sai da zona de rebaixamento da Série B

Apesar de ter saído do Z4, o resultado não foi bom para o Papão da Curuzu

O Paysandu enfrentou o Criciúma-SC na tarde deste sábado (22), no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, na capital Belém, valendo pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A partida terminou empatada em 1 a 1, sendo um resultado ruim para os bicolores, que lutam contra o rebaixamento para a Série C.

O Papão até que começou bem o jogo e marcou logo aos 5 minutos de bola rolando com o gol assinalado pelo zagueiro Fernando Timbó. Só que o Tigre não se intimidou e buscou o empate com tento marcado pelo volante Liel, que subiu de cabeça para empatar, aos 34 minutos do primeiro tempo. Com o empate, o Paysandu conseguiu sair da zona de rebaixamento e agora é o 16° colocado, com 31 pontos na classificação. Já o Criciúma, foi para 36 pontos e ocupa a 12ª posição.

O Paysandu volta a campo contra o Goiás-GO, na sexta-feira (28), às 19h15, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém. A partida será válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O jogo: Papão 1 x 1 Tigre

O Paysandu chegou primeiro com Mike, que chutou nas mãos do goleiro Luiz. Na segunda tentativa do Papão, a bola foi parar no fundo do barbante. Após jogada pelo lado esquerdo, saiu o cruzamento rasteiro e o zagueiro Fernando Timbó apareceu livre para completar para o gol, 1 a 0, aos 5 minutos de bola rolando. Outra vez o bicolor estadual chegou em um contra-ataque puxado por Nando Carandina, que lançou na medida para Magno, o atacante invadiu a área e chutou para a grande defesa de Luiz.

Só dava Papão. Em uma bola alçada na área, o atacante Hugo Almeida desviou de cabeça e o goleiro Luiz defendeu. Pedro Carmona driblou o adversário pela esquerda dentro da área e foi derrubado, a Fiel Bicolor e os jogadores do Paysandu pediram pênalti, mas o árbitro Flávio Rodrigues de Sousa, de São Paulo, mandou o jogo seguir. Com o forte calor na capital Belém, apesar da chuva que caiu ante da bola rolar, o árbitro paralisou a partida para os jogadores se refrescarem para a chamada hidratação.

Na volta da parada técnica, o Tigre chegou ao empate. Alex Maranhão cobrou escanteio na segunda trave e o volante Liel subiu mais alto de que a defesa bicolor e mandou para o gol, 1 a 1, aos 34 minutos. Após o gol de empate, o nível técnico da partida caiu demais e os times desceram para os vestiários com o placar de empate. Na etapa final, o Criciúma chegou primeiro quando Alex Maranhão cobrou falta e Joanderson desequilibrado não conseguiu acertar o chute.

Veja também:  Paysandu e Coritiba empatam na Curuzu com o resultado não sendo bom para as duas equipes

Em uma descida rápida do Papão pela direita, Maicon Silva cruzou rasteiro para o chute de Hugo Almeida, a bola explodiu na marcação do Tigre. Minutos depois, a jogada bicolor aconteceu pelo lado esquerdo com o atacante Magno, que encarou a marcação e cruzou para o meio, Mike chutou e a bola desviou na zaga catarinense e foi para escanteio. Que chance perdeu o Paysandu.

Quem quase marcou foi o Criciúma. Alex Maranhão cruzou para Joanderson que cabeceou para a defesa milagrosa de Renan Rocha, e na volta após cruzamento na área, o goleiro Renan Rocha fez a defesa outra vez. O Papão deu o troco e quase que fatal. Felipe Guedes chegou pela direita e rolou para o meio, Pedro Carmona bateu com estilo na bola e acertou a trave do goleiro Luiz.

A reposta do Tigre quase resultou em gol, quando Alex Maranhão recebeu um bom passe e chutou, mas mandou por cima da meta bicolor. O Paysandu viu que dava para chegar, após o recuo do time catarinense. Felipe Guedes cruzou da direita para Hugo Almeida, que subiu de cabeça e a bola explodiu no travessão. A galera do Papão foi à loucura na Curuzu. A pressão bicolor seguiu, quando Claudinho cruzou para a cabeçada do zagueiro Perema, mas a bola foi para fora.

A torcida empurrou o Papão até o último minuto. Após cruzamento da direita, o atacante Claudinho tentou marcar um golaço de primeira, mas errou feio e a bola foi para tiro de meta. Placar final: Paysandu 1 x 1 Criciúma.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva, Perema, Fernando Timbó e Guilherme Santos; Nando Carandina, Willyam (Felipe Guedes) e Pedro Carmona (Alan Calbergue); Magno (Claudinho), Mike e Hugo Almeida. Técnico: João Brigatti.

CRICIÚMA: Luiz; Sueliton, Sandro, Nino, Fábio Ferreira e Iago (Luiz Fernando); Liel, Jean Mangabeira e Alex Maranhão (Andrew); Joanderson e Vitor Feijão. Técnico: Mazola Júnior.

Árbitro: Flávio Rodrigues de Sousa (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Cartões amarelos: Perema e Hugo Almeida (Paysandu); Luiz Fernando (Criciúma)

Gols: Fernando Timbó, aos 5 minutos do 1° tempo para o Paysandu; Liel, de cabeça, para o Criciúma, aos 34 minutos do 1° tempo.

Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém

Renda: R$ 117.995,00

Pagantes: 6.798

Sócio Bicolor: 1.535

Credenciados: 1.330

Total: 8.128

Por Fábio Relvas
Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

Deixe uma resposta