Parauapebas e Canaã dos Carajás juntos exportam mais que 21 estados, revela Economia

Os dois somam 9,62 bilhões de dólares em transações comerciais, bem mais que exportações totais do ES (7,59 bi), SC (7,33 bi), BA (6,63 bi) e GO (5,74 bi), potências econômicas do BR.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O mês de outubro foi excelente para as transações comerciais originárias da região de Carajás, aqui no Pará. Conforme dados liberados pelo Ministério da Economia na manhã desta terça-feira (5) e analisados pelo Blog do Zé Dudu, Parauapebas e Canaã dos Carajás foram, respectivamente, o 3º e o 5º municípios do país que mais exportaram commodities. O primeiro transacionou 621,82 milhões de dólares e o segundo, 389,4 milhões de dólares.

As exportações de Parauapebas e Canaã são quase exclusivamente de minério de ferro de alto teor e com maior volume destinado à China, segundo computa o Ministério da Economia. Em razão da participação de ambos, o Pará saltou este ano da 7ª para a 5ª colocação entre as Unidades da Federação que mais vendem produtos locais. Com 14,35 bilhões de dólares transacionados em dez meses, o estado superou Mato Grosso (14,19 bilhões de dólares) e Paraná (13,27 bilhões de dólares).

No acumulado do ano, Parauapebas exportou 5,59 bilhões de dólares e Canaã, 4,03 bilhões de dólares. Juntos, eles respondem por 67% das exportações paraenses. Os municípios de Barcarena e Marabá, respectivamente 25º e 29º colocados nacionais, também contribuem expressivamente para o vigor da balança comercial do país, com volumes financeiros de 1,43 bilhão e 1,23 bilhão de dólares.

Relacionados