Obmep premia educação de Jacundá

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Por Antonio Barroso – correspondente em Jacundá

Em mais uma edição de premiação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), o município de Jacundá foi bem representado ao conquistar 18 premiações. A cerimônia de entrega de medalhas e certificados revelou alunos das escolas Rosália Correia, Coronel João Pinheiro, Maria da Glória R. Paixão e Raimundo Ribeiro, e também a escola particular Arte de Educar.

O estudante da escola Maria da Glória Rodrigues Paixão, Thiago Henrique Marques, é medalhista na OBMEP. Ele conquistou sua primeira medalha no certame de conhecimento matemático. Com uma medalha de prata, o estudante é destaque entre os municípios paraenses a conquistar a premiação.

Gabriela Silva Martins, aluna da E.M.E.F. Rosália Correia; Camille Santos Leal – E.M.E.F. Professora Maria da Glória. R. Paixão; Ana Karolina Sousa Dias – E.M.E.F. Deputado Raimundo Ribeiro; Milena Pereira Cruz – E.M.E.F. Rosália Correia; e Pedro Rafael Rocha Stermer – Escola Arte de Educar também receberam premiação.

Os alunos de Jacundá participam da Obmep desde 2005. Em 12 anos, diversas medalhas foram conquistadas, inclusive, uma medalha de ouro no ano de 2014. Ao longo desses 12 anos o município de Jacundá vem ganhando seu espaço através da participação de alunos da cidade e do Campo com Menções Honrosas, Medalhas de Bronze, Prata e Ouro. Jacundá também é destaque com a participação e premiação de alunos surdos, o que é fruto de um importante processo de inclusão e diversidade.

A OBMEP – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas já está em sua 13° edição e é uma realização da Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Publicidade
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir