Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Resultado da Olimpíada de Matemática sairá dia 21 de novembro

Em todo o País, cerca de 900 mil estudantes participaram da acirrada competição, dos quais 800 são de Parauapebas

Até 21 de novembro deste ano, cerca de 800 estudantes de Parauapebas irão contar os dias e as horas para conhecer o resultado da segunda e última fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), que foi realizada em todo o País no ultimo sábado, 15, com a participação de nada menos que 900 mil alunos do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio.

O anúncio dos melhores em matemática será exatamente daqui a dois meses, em 21 de novembro. Em Parauapebas, 1.270 candidatos se inscreveram, mas cerca de 400 logo desistiram da competição. Foram os faltosos. Ainda assim a concorrência é grande, com os 800 jovens no páreo.

No município, as provas foram aplicadas em cinco escolas: Carlos Henrique, Chico Mendes, Paulo Fonteles, Eurides Santana e Bep-Karoti Xikrin (aldeia Kateté). Somente na Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Mendes cerca de 300 alunos participaram do certame. A grande maioria chegou acompanhada pelos pais, que tiveram a preocupação de chegar bem cedinho para que os filhos não corressem o risco de ficar fora do certame.

A FORÇA DOS PROFESSORES

Vida Cavalcante Alves, 14 anos, é estudante do 9° ano do ensino fundamental e fez a prova pela segunda vez. “Não obtive o resultado desejado quando fiz a prova em 2017, mas acredito que dessa vez estava mais preparada. Além das aulas regulares de matemática também tive aulas extras e, em casa, fiz uma revisão dos conteúdos”, contou a candidata, após a prova.

Assim como Vida, boa parte dos alunos das escolas públicas e particulares contou com o reforço das aulas extras. Vários professores de matemática se propuseram voluntariamente, no contra turno, a ministrar aulas de reforço de olho no melhor resultado dos estudantes parauapebenses nas olimpíadas.

Veja também:  Veja os possíveis temas que podem ser cobrados no segundo dia do Enem 2018

O aluno Davi Cardoso de Assis, da Escola Pequeno Aprendiz, rede particular de ensino, também ofertou aulas extras. “É a primeira vez que faço a prova. Trata-se de uma experiência nova para mim, mas acredito que o resultado será bom”, avaliou o estudante.

A rede municipal de ensino de Parauapebas vem se destacando na Obmep. Segundo Pedro Emiliano Botelho Neto, coordenador de Matemática dos 3° e 4° ciclos da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o número de participação dos alunos tem aumentado a cada ano. “Temos tido um número significativo de aluno interessado em realizar as avaliações. Também contamos com educadores empenhados, o que faz toda a diferença. Esperamos que este ano o resultado seja ainda melhor que o dos anos anteriores”, anseia o coordenador.

PREMIAÇÃO

Promovida pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a Obmep é considerada a maior competição científica do País e tem como objetivo estimular o estudo da matemática e o interesse dos estudantes pela área.

Diferentemente da prova da primeira fase, que era objetiva, a prova da segunda fase foi discursiva, composta por seis questões que valem até 20 pontos cada, o que torna a etapa um pouco mais difícil.

Segundo o calendário oficial da Obmep 2018, o anúncio dos vencedores, dia 21 de novembro, será na página da competição. Para os estudantes de escolas públicas serão destinadas 500 medalhas de ouro, 1,5 mil de prata, 4,5 mil de bronze. Já os estudantes de escolas particulares receberão 75 medalhas de ouro, 225 de prata, 675 de bronze. A Obmep também irá homenagear estudantes com menções honrosas.

Texto e fotos: Messania Cardoso | Semed
Assessoria de Comunicação – Ascom | PMP

Deixe uma resposta