OAB Nacional prestou homenagem hoje ao advogado Jakson Silva durante abertura do ano jurídico

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

mvfc-3-461433339O ato aconteceu hoje, terça-feira, 3 de fevereiro, às 10h, durante a primeira sessão do Conselho Nacional da OAB. “Estamos abrindo o ano jurídico da advocacia com um ato de desagravo contra a violência aos advogados paraenses, homenageando a memória dos colegas que tombaram. Assinamos a petição para a OEA reclamando contra o Estado brasileiro, por negligência quanto à proteção do profissional garantidor do Estado de Direito.”, afirmou Marcus Vinícius Furtado Coêlho (foto acima), presidente da OAB Nacional.

A decisão do presidente da OAB é uma manifestação em repúdio à morte do advogado Jakson Souza e Silva, 45 anos, ocorrida em Manaus no último sábado (24) – mais um assassinato de um advogado paraense, que teria sido vítima de crime de encomenda.homenagem-Jackson

O evento reuniu todos os presidentes seccionais da Ordem, incluindo o presidente da OAB-PA, Jarbas Vasconcelos, que viajou pela manhã para Brasília especialmente para participar da homenagem feita pelo Conselho Federal ao advogado assassinado e protestar contra a onda de violência no estado, que já vitimou dez advogados nos últimos quatro anos. As subseções também encaminharam ofício ao governo do estado pedindo o empenho na apuração do caso.

Crime

O assassinato ocorreu por volta das 23h40 de sábado na Rua 15 de Outubro. De acordo com a Polícia Civil local, a autoria do crime é desconhecida. No entanto, testemunhas afirmaram que a vítima foi abordada por dois homens em uma motocicleta, enquanto andava em via pública. Um deles efetuou o disparo, que atingiu o abdômen de Jakson Silva. O advogado chegou a ser socorrido por populares e levado ao SPA Alvorada, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda segundo a polícia, com a vítima, teriam sido encontrados R$ 1.900 em espécie, um notebook e um smartphone.

Fonte: OAB-PA   –  Fotos: Eugênio Novaes