III Ação Solidária acontece nesta sexta em Parauapebas

A Ação Solidária é promovida pela Subseção da OAB Parauapebas, e conta com o apoio do poder público municipal, estadual, Celpa, e entidades locais.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Para comemorar o mês do advogado, a Subseção OAB Parauapebas, em parceria com diversos órgãos públicos e segmentos da iniciativa privada, realizará amanhã, 23, a III Ação Solidária. “Ações como esta não se faz sozinho; por isto, buscamos parceria com diversos segmentos, com o objetivo de ampliar os serviços e o alcance no número de pessoas atendidas”, explica Deivid Benassor, Conselheiro Estadual da OAB Pará, informando que a ação deverá chegar a, pelo menos, 500 pessoas.

A presidente da Subseção Parauapebas da OAB, advogada Maura Paulino, informa que que, além de atendimento jurídico, a ação contará com serviço de beleza (corte de cabelo, limpeza de pele etc.); emissão de documentos feito pelo SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão; atendimento de saúde realizado pela Secretaria Municipal de Saúde; cadastramento e recadastramento em programas sociais, feitos pela Secretaria Municipal de Assistência Social; além de diversos outros atendimentos.

O evento ocorre das 8 às 12 horas, no prédio da instituição, localizado na Rua D, no bairro Cidade Nova

Serviços da Celpa serão oferecidos

Pelo segundo ano consecutivo, serviços da Celpa serão oferecidos durante III Ação Solidária da OAB Parauapebas, entre eles a negociação e renegociação de débitos com condições flexíveis de pagamento, que, segundo o líder de cobrança da concessionária, Erik Soares, são oportunidades imperdíveis para o cliente regularizar suas pendências. “As ações que realizamos na comunidade são excelentes para o consumidor que deseja ficar em dia com a Celpa, pois conseguimos oferecer condições diferenciadas de parcelamento e descontos. A nossa intenção é fazer com que o cliente saia com seu problema resolvido e consiga cumprir a negociação até o final, utilizando os serviços da Celpa de uma maneira mais tranquila. Este é o segundo ano em que somos convidados para fazer parte desse projeto e não poderíamos deixar de participar”, destaca o líder.

Os clientes Celpa que forem até a Ação Solidária, também poderão trocar até cinco lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por lâmpadas de LED, que são mais eficientes. Basta levar as lâmpadas antigas que estejam em funcionamento. Além disso, será possível se cadastrar no Programa Tarifa Social de Energia Elétrica, voltado para clientes de baixa renda e que concede descontos de até 65% na fatura de energia, e ainda tirar dúvidas sobre assuntos relacionados ao consumo.

Relacionados