Marabá: Centro de Especialidades Integradas ganhará novo espaço e vai ampliar serviços de saúde

O novo local também atenderá o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e o serviço de regulação, que atualmente acontecem dentro da Secretaria Municipal de Saúde (SMS)
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O Centro de Especialidades Integradas (CEI) de Marabá ganhará casa nova.  Os serviços que hoje são prestados no prédio da Folha 31, passarão para a entrada na Cidade Nova, na Rodovia transamazônica, ao lado do DNIT. O novo local será mais amplo e terá novos exames de imagem, que antes não eram ofertados, como mamógrafo e aparelho de Raio X. A inauguração está prevista para o dia 30 de agosto.

“Além dos novos aparelhos teremos salas maiores, o que propiciará que alguns procedimentos possam ser realizados aqui mesmo. É um local mais adequado para quem precisa de observação. Contemplamos no CEI especialidades e serviços que antes não existiam em Marabá e agora no novo local traremos maior qualidade e oferta”, comemora o Dr. Geraldo Pereira Barroso, Coordenador do departamento de Média e Alta Complexidade da Secretaria Municipal de Saúde.

Ao todo, 16 especialidades são oferecidas a população pelo CEI: Cardiologia, Urologia, Psiquiatria, Psicologia, Nutrição, Neurologia, Imunologia, Pediatria, Oncologia, Endocrinologia, Ginecologia de alto risco, Dermatologia, Reumatologia, Medicina de Cabeça e Pescoço, Ortopedia e Otorrinolaringologia.

Além disso, o novo local também atenderá o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e o serviço de regulação, que atualmente acontecem dentro da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O espaço para o TFD será amplo e buscará dar maior comodidade aos pacientes evitando filas. “É um serviço que garantimos ao cidadão que sejam remanejados para Belém quando se tratar de algum câncer ou patologia que ainda não conseguimos atender aqui”, acrescenta Dr. Geraldo Barroso. A área de regulação será dividida em três setores, ambulatório, hospitalização e especialidade média.

De acordo com Alex Amoury, engenheiro civil da Secretaria de Viação e Obras Públicas (Sevop), o prédio sofreu adaptações para comportar os vários consultórios e as salas de raios-x e mamografia, tudo dentro das normas técnicas. Também recebeu nova pintura, pontos de internet em todos os cômodos e será completamente refrigerado, incluindo os blocos que abrigarão o TFD e Regulação.

O estacionamento também foi reformado e colocado película em todos os consultórios, para melhor conforto térmico. A reforma/adaptação do prédio teve investimento da ordem de R$ 98,77 mil, proveniente de recursos próprios da Prefeitura de Marabá, alocados na rubrica Dotação Orçamentária/Infraestrutura na Saúde, Obras e Instalações.

De acordo com o gerente do CEI, Fábio Irapuan, o novo local é bem acessivo ao público, por estar situado em terreno contíguo ao DNIT, na Rodovia Transamazônica, de frente para a Secretaria Municipal de Saúde. A mudança também facilitará os encaminhamentos para tratamento fora do Domicílio, assim como regulação de consultas e exames, inclusive no âmbito local.

Educação Permanente

A Educação Permanente em Saúde (EPS), instituída em 2004 pelo Ministério Público, através da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS), também será melhorada com o novo CEI. De acordo com o DR Geraldo Pereira Barroso, no novo prédio a EPS passará a contar uma sala própria e com sala de vídeo.

“Isso possibilita ter maior comunicação com o Departamento de Atenção Básica (DAB). Fazer o matriciamento. Nossa equipe além de atender o paciente terá horário para a Educação Permanente. Função de levar Atenção Básica o conhecimento que se deve ter na hora de trazer os pacientes que são realmente perfil do CEI. Com isso com certeza iremos atender os pacientes com mais qualidade e ofertar mais serviços a nossa população”, conclui.

Por Osvaldo Henriques – Secom/PMM

Publicidade

Relacionados