Pará

Ministros e governadores analisam a Operação Verde Brasil no Pará

A operação completa 8 dias e mostrou significativa redução das regiões atingidas por incêndio na Amazônia, de acordo com o general do Exército, Paulo Sérgio.

No início da tarde desta segunda-feira (2), logo após o encontro no Hangar, entre ministros e governadores da Amazônia Oriental, os demais se dirigiram ao auditório da Base Aérea de Belém. As autoridades se reuniram, nesta segunda parte da agenda em Belém, para conhecer a atuação do Comando Militar do Norte e como os militares vêm trabalhando na Operação Verde Brasil.

O general do Exército, Paulo Sérgio, que está liderando o Comando Conjunto do Norte, conduziu a reunião, mostrou como o trabalho vem sendo feito em todo o Pará. Principalmente, nas regiões de Novo Progresso, Altamira, Marabá e Itaituba onde há o maior número de registros de queimadas.  A operação completa 8 dias e mostrou significativa redução das regiões atingidas por incêndio na Amazônia, de acordo com o general. “Desde o início da operação, nos preparamos muito. Nós temos cerca de 1.500 brigadistas capacitados. Paralelamente, fizemos reconhecimento das áreas que precisavam de atenção com urgência. Abrimos uma base em Novo Progresso, amanhã abriremos outra base no Cachimbo, na fronteira com o Mato Grosso”.

O centro de operações está instalado na sede do Comando Militar do Norte, em Belém, e é constituído por representantes das policiais militar e civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Marinha e Aeronáutica. No total, 4.394 pessoas trabalham no combate às queimadas em todo o Pará

Durante a reunião, também foi ressaltado o trabalho da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) que tem repassado ao Centro de Operações todos os dados e meios necessários para combater as queimadas no Pará. “O envolvimento com os órgãos estaduais, com a apresentação de dados e informações específicas tem sido fundamental para a operação. Muito do que a Semas nos repassou, não tínhamos acesso e ficaria difícil sem esse suporte”, ressaltou o general Paulo Sérgio. Nesta terça-feira (3), a agenda da comitiva ministerial discute a Operação Verde Brasil em Manaus, com governadores do Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima.

Fonte: Agência Pará

Deixe seu comentário