Marabá: Traficante troca tiros com a PM e acaba morto no Núcleo São Félix

A ação aconteceu na noite desta terça-feira (22). Com o acusado, que usava como ponto de venda de drogas uma área de mata, foram apreendidas drogas e uma arma de fogo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Objetos para embalar entorpecente, arma e droga aprendidos com Romário

Continua depois da publicidade

Após uma denúncia anônima, policiais militares estouraram, na noite desta terça-feira (22), um ponto de venda de drogas no Núcleo São Félix, em Marabá, no sudeste do Pará. Durante a ação, o traficante Romário Sousa Prates foi morto em troca de tiros com os policiais.

Segundo a Polícia Militar, a área fica em uma área de mata, após a Estrada de Ferro Carajás (EFC). Os policiais chegaram até o local após receber informação que lá funcionava um ponto de venda de drogas gerenciado por Romário.

Ainda de acordo com a PM, quando a guarnição chegou à área observou movimentação de pessoas. Os policiais se aproximaram e, nesse momento, cinco homens apareceram, três deles portando armas de fogo.

Foi dado voz para que parassem e, nessa hora, um deles sacou a arma e começou a atirar em direção à guarnição, que imediatamente revidou. Na troca de tiros, Romário foi alvejado.

Ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Marabá, mas veio a óbito. Os outros homens conseguiram fugir.

Romário carregava uma sacola, onde foram encontrados 400 gramas de maconha, 198 gamas de crack, uma tesoura, um canivete, uma balança de precisão, dois carretéis de linha, dois tubos de papel filme, dois tubos de papel alumínio e um celular.  Com ele, também foi apreendido uma revólver calibre 38, que ele teria usado para atirar contra os policiais, com cinco munições deflagradas e uma intacta.

Tina DeBord