Itupiranga bate o Águia e Remo vence o Castanhal se mantendo como único invicto no Parazão

O Crocodilo abocanhou o Azulão em Marabá e o Leão mostrou suas garras diante do Japiim
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A bola seguiu rolando para a sétima rodada da primeira fase do Campeonato Paraense de 2021. Na tarde desta quarta-feira (21) mais duas partidas movimentaram a competição com Águia e Itupiranga, no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá, no chamado clássico do sudeste, e o Clube do Remo recebeu o Castanhal, no duelo dos invictos, no Estádio Evandro Almeida, o Banpará Baenão, em Belém.

Em Marabá, o Águia invicto até então no estadual recebeu o Itupiranga. Apesar de não ter nenhuma derrota, o Azulão estava vindo de cinco empates seguidos na competição, enquanto que o Crocodilo em uma crescente no Parazão. Não deu outra, o Crocodilo foi para cima e bateu o rival com um gol na reta final, e de cabeça, assinalado por Roni Caeté, aos 41 minutos do segundo tempo. Placar final: Águia 0 x 1 Itupiranga.

Com o resultado, o Águia de Marabá segue na terceira posição do Grupo A3 da competição, agora somando oito pontos. Já o Itupiranga reagiu bem no estadual e assumiu de vez a vice-liderança do Grupo A1, com 10 pontos conquistados na classificação.

No Baenão, os invictos Remo e Castanhal fizeram um duelo bem acirrado. O Leão começou melhor. Lucas Tocantins tocou para Renan Gorne, que chutou forte no alto, sem chances para o goleiro Axel Lopes, aos 14 minutos, 1 a 0. Mas o time do Japiim da Estrada deu o troco rapidamente. Gui Campana pegou sobra de bola e chutou já dentro da grande área, acertando no cantinho do goleiro Vinícius que foi e não achou nada, aos 16 minutos, 1 a 1.

O jogo era bom no Baneão. Na tentativa de Marlon, a bola foi parar nas redes adversárias. Em uma tabela com Lucas Tocantins, o lateral-esquerdo remista bateu sem chances para Axel Lopes, aos 20 minutos, 2 a 1. O Leão cresceu na partida. Lucas Siqueira cruzou da esquerda para Felipe Gedoz, que tentou marcar de peixinho, o goleiro Axel Lopes defendeu bem salvando o terceiro gol remista. O atacante Dioguinho tentou marcar o dele, quando invadiu a área e bateu, o goleiro Axel Lopes salvou com a ponta dos dedos.

O atacante Renan Gorne cometeu falta mais dura e recebeu cartão amarelo e foi reclamar com o árbitro Andrey da Silva e Silva, e acabou recebendo o cartão vermelho, aos 37 minutos ainda do primeiro tempo. No segundo tempo, apesar de ter um jogador a menos, o Remo seguiu tentando ampliar. Marlon cobrou escanteio, o zagueiro Kevem emendou um chute perigoso, a bola passou assustando.

O Castanhal teve a chance do empate, quando em uma cobrança de escanteio, Santana levantou para a área, Lucão cabeceou sozinho na marca do pênalti, o goleiro Vinicius defendeu bem para o Remo.  Dioguinho tentou marcar o terceiro tento azulino e chutou, a bola passou com perigo, mas foi para fora. Em outra investida do Leão, Tiago Miranda se livrou da marcação e chutou de fora da área, a bola passou raspando a meta do Japiim. Placar final: Remo 2 x 1 Castanhal.

O resultado deixou o Remo como o primeiro colocado geral do Parazão e líder disparado do Grupo A2, com 17 pontos, enquanto que o Castanhal perdeu a invencibilidade na competição, seguindo na vice-liderança do Grupo A3, com oito pontos.

Por Fábio Relvas / Fotos: Divulgação Itupiranga e Samara Miranda (Ascom Remo)

Publicidade