Inclusão ainda é um desafio para a sociedade, aponta Associação das Pessoas com Deficiência Física de Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Inclusão, acessibilidade e direitos são palavras comuns quando conversamos com uma pessoa que possui algum tipo de deficiência, seja ela, visual, auditiva ou física. Na Semana Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, momento de reflexão e busca por novos caminhos para efetivação de uma política de inclusão social, essas palavras ganham força.

No município de Parauapebas, a Associação das Pessoas com Deficiência Física de Parauapebas (APDFIP) chama a atenção para os problemas enfrentados pela categoria, que vão desde acessibilidade à falta de respeito da sociedade. Para o portador de deficiência física, Geová Rodrigues, o município desenvolve de forma tímida as políticas públicas de inclusão para a pessoa com deficiência.

Imagem editada Lili

“Parauapebas ainda deixa a desejar, foram poucos avanços, os que tiveram, foram na área de inclusão ao trabalho e social. Mas não desistimos, vamos continuar cobrando”, observa Geová, lembrando que é preciso uma participação maior das empresas privadas e órgãos públicos nesse trabalho de inclusão. “A sociedade ainda vê o deficiente como uma pessoa frágil e dependente. A pessoa com deficiência, seja ela qual for, tem capacidade para exercer qualquer função, estudar e praticar esporte. Queremos que nossos direitos sejam respeitados”, declara.

Segundo o cadeirante, a falta de respeito e de consciência da sociedade de forma geral ainda é um dos principais problemas enfrentados. “Os estacionamentos públicos, por exemplo, são poucos que respeitam as vagas de deficientes, infelizmente. Eu não posso ir a uma churrascaria, lanchonete, até mesmo em um banheiro público, é difícil porque não tem rampa de acessibilidade. O órgão responsável precisa fiscalizar na hora de liberar alvará de construção para espaços públicos”, opina Geová.

Inclusive, nesta quinta-feira (24), o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Parauapebas (CMDPDP) promove a VII Semana de Luta pelos Direitos da Pessoa com Deficiência com o tema “Todos pela Inclusão”. A proposta é celebrar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência e também mostrar as potencialidades da pessoa com deficiência, reafirmando o seu direito de cidadania, buscando mobilizar a sociedade para o tema