Incendiário causa pânico em escola estadual de Jacundá

O fogo, ateado no pátio interno do estabelecimento de ensino, não chegou a se alastrar nem feriu alguém
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Um rapaz com o rosto coberto por uma camisa preta causou pânico entre os estudantes do ensino médio da Escola Estadual Maria da Glória Rodrigues Paixão, em Jacundá. Ele entrou com um recipiente plástico contendo produto inflamável, despejou o pátio da escola e ateou fogo. Em seguida, saiu correndo. O princípio de incêndio causou pânico e as aulas da noite de quarta-feira (11) foram suspensas. A Polícia Militar foi chamada para controlar a situação.

O incendiário aproveitou o horário de entrada dos estudantes, por volta de 19h20, para entrar pelo portal principal da escola. No momento havia dois servidores atuando na vigilância do prédio. Um deles contou à Reportagem que o rapaz entrou correndo na escola com um vasilhame. “Pensamos que fosse uma brincadeira de algum aluno”.

Ao acessar o pátio da escola, o rapaz despejou um líquido inflamável, provavelmente gasolina, no pátio interno e tocou fogo. A ação do vigilante foi afastar o recipiente para um gramado e tentar conter as chamas. Enquanto isso, o incendiário saiu correndo da escola. As aulas voltaram a normalidade nesta quinta-feira (12).

A servidora estadual Rosilene Sanches registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Jacundá. Segundo ela, o caso é atípico e será investigado pela PC.

(Antonio Barroso)

Publicidade