Fim de semana com muito trabalho para a Polícia Militar na região do Carajás

Até a manhã deste domingo (17) foram 17 ocorrências de roubo e furto de veículos, violência doméstica, latrocínio, tráfico, porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio e outros mais
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O fim de semana começou agitado na esfera policial, na área de abrangência do 23º BPM (Batalhão de Polícia Militar), onde entre às 8h de sábado (16) e às 8h deste domingo (17), se registraram na menos que 17 ocorrências. Foram veículos roubados e abandonados pelos ladrões ante a aproximação da PM, dois casos de violência doméstica, um latrocínio, um caso de tráfico, um caso se porte ilegal de arma de fogo, um caso de crime ambiental, uma tentativa de homicídio, um caso de posse de arma branca, uma agressão física, um caso de motociclista sem documentação e usando descarga Cadron, um caso de roubo e um caso de lesão corporal.

Por volta das 15h de sábado, a PM prendeu Paulo Victor Cruz, acusado de ter agredido a mulher dele, Francinete da Silva Cavalcante, a agressão se deu na Rua Araguaia, Bairro Nova Carajás, em Parauapebas; e, o segundo caso de violência doméstica acontece também na “Capital do Minério”, por volta das 22h30 do mesmo dia, envolvendo o casal Armando Gurgueira Bezerra e Dorilene Furtado Mendonça, na Rua Rio Novo, Bairro Popular I.

Também no sábado por volta das 19h, dois indivíduos, não identificados, que pilotavam uma motocicleta pela VS-10, no Bairro Brasília, abandonaram o veículo e fugiram às carreias quando viram um carro da Polícia Militar.

O mesmo aconteceu três horas depois, mas na Rua Boa Viagem, Bairro São Lucas, quando, por volta das 22h30, bandidos tomaram a moto de Railson Rocha Lima. O veículo foi encontrado pela PM abandonado na rua e devolvido ao dono.

Um desentendimento em uma sinuca, por volta das 15h de sábado (16), na Avenida Liberdade, Bairro dos Maranhenses, levou Marcos da Silva Costa à Delegacia de Polícia Civil. Ele agrediu, com pauladas de taco de bilhar uma pessoa não identificada, que teve de ser conduzida pelo Samu ao Hospital Municipal.

Também na Avenida Liberdade, por volta das 18h, Luiz Gustavo A. Ferreira, teve soa moto apreendida e levada para o pátio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano. Ele não portava documento algum do veículo, uma Fan KS 125, preta, placa OFU-0122, e ainda fazia muito barulho, cometendo assim crime ambiental, ao ter colocado na moto uma descarga Cadron.

Na mesma noite de sábado, às 23h42, no Parque das Nações, outra moto foi abandonada quando seus ocupantes ao avistarem a polícia, saíram em desabalada carreira, deixando para trás o veículo roubado.

Por volta das 20h de sábado (16), Felipe Bezerra Silva, 20 anos, foi abordado na Rua Opala, Bairro Morada Nova, por dois indivíduos em uma moto, os quais anunciaram assalto. Ele reagiu e o que estava na garupa atirou. Felipe ainda foi removido, pelos familiares, ao Hospital Municipal de Parauapebas, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

Ainda no sábado, por volta das 22h50, na Avenida Faruk Salmem, Bairro Palmares I, Cícero Luiz s da Silva Santos foi abordado por uma guarnição da PM, que encontrou com ele 10 gramas de maconha. Preso, ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil.

Eram 20h20 de sábado quando Lindomar Macedo da Silva foi detido pela segurança da Vale, na Reserva de Carajás, e entregue para a Polícia Militar. Ele estava portando arma de fogo ilegalmente e foi entregue para a Polícia Civil.

Pouco mais de uma hora depois, às 21h30, na Avenida Faruk Salmem, Bairro: Vila Rica, um homem identificado apenas como Izaque, tentou assassinar com um tiro o colega de mesa de bilhar Lecionildo da Silva, com quem se desentendeu durante uma partida. Leocinildo foi socorrido por populares e removido ao Hospital Municipal enquanto Izaque fugiu.

Já neste domingo (17), por volta de 01h15, num bar da Rua Marabá, Bairro da Paz, foi preso pela PM Norbert Cleison Rodrigues. Armado de faca, ele ameaçava os clientes do estabelecimento. O valentão foi desarmado e levado para a Depol.

Às 3h25, o homem identificado como cabo Barbosa – não se sabe de que corporação – se envolveu em uma confusão generalizada no Bairro Jardim América e acabou acertando umas boas pancadas em Wandeval da Graça Santos Lisboa, que acabou internado em um hospital particular, onde permanece com o couro cabeludo cheio de pontos, mas não corre risco de morte. Mesmo saindo na vantagem, cabo Barbosa foi à Delegacia de Polícia Civil prestar queixa contra Wandeval.

Também neste domingo (17), às 7h40, uma guarnição da Polícia Militar entregou na Delegacia de Polícia Civil outra motocicleta abandonada no meio da Rua B-13, no Bairro Jardim Tropical II.

Em Canaã dos Carajás, por volta das 20h30 de ontem (16), Carine Salton Moraes, que pilotava a moto CG Titan, vermelha, placa JVC-0031, pela Rua José Meneguel, Centro, parou para ajeitar o retrovisor, quando um indivíduo se ofereceu para ajudar. Assim que Carine, quando a vitima se distraiu, o desconhecido subiu na moto e fugiu com o veículo.

Por volta das 2h40, deste domingo (17), na Rua do Hospital, Deusdete Alves Salgado, 50 anos, perdeu R$ 50,00 para dois indivíduos armados de revólver e montados em uma moto Biz, preta e em uma Fan, vermelha.

Publicidade

Relacionados