Enfermeiro preso será transferido para Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico do Pará

A Justiça determinou a internação provisória de Alessandro Raniere em Hospital psiquiátrico de Santa Isabel do Pará
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por determinação da Justiça, o enfermeiro Alessandro Raniere, acusado de ameaçar a esposa, será transferido para o Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico do Pará, em Santa Isabel do Pará.

Ele continua preso na Delegacia da Policia Civil de Canaã dos Carajás depois de ser denunciado pela esposa, Vivian Carla Cardoso Amorim, de fazer ameaças contra ela, nas redes sociais. O enfermeiro foi preso em flagrante, na última segunda-feira, 24, pelo delegado da Polícia Civil de Canaã, Jorge Carneiro. “A vítima (esposa do enfermeiro) veio até a delegacia e apresentou os print’s das redes sociais onde ele faz várias ameaças contra ela. Além do crime de ameaça, teve também crime contra honra, por causa das injúrias e xingamentos”, disse o delegado.

“Ordem. Morte. Adúltera … Largou a igreja, não quer nem ouvir música cristã” são trechos do texto feito pelo enfermeiro nas redes sociais, com a foto da esposa”. Em outras postagens, o enfermeiro usou palavras de baixo calão, com frases bastante confusas. Ele também faz ataque a políticos de Canaã. Para a família, o comportamento do enfermeiro seria resultado de um surto psicótico. Em 2019, Alessandro Raniere chegou a anunciar pré-candidatura a prefeito de Canaã.

A polícia informou que a transferência do enfermeiro deve acontecer ainda nesta quarta-feira.

Publicidade