Em Parauapebas, suplente tem diploma cassado pela justiça eleitoral e Câmara faz nova convocação

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Na próxima terça-feira (08) a Câmara Municipal de Parauapebas deverá dar posse a novos vereadores, em substituição a Josineto Feitosa de Oliveira (SD), José Arenes (PT), Devanir Martins (SD),  Major da Mactra (PSDB) e Luzinete Rosa Batista (PV), que foram afastados pela justiça em virtude de supostas irregularidades durante a gestão do vereador Josineto Feitosa (2013/2014).

A mesa da Câmara convocou os suplentes Antônio Massud (PTB) para o lugar de Major da Mactra;  Joelma Leite (PT), para o lugar de José Arenes; Lidemir Alves da Soledade (PR), para o lugar de Luzinete; Zacarias Assunção (PP), para o lugar de Devanir Martins, e Ivaniti José da Silva (Barrão), do PSDC , para o lugar de Josineto Feitosa.

TRE

Acontece que o Lidemir Alves da Soledade não prestou contas de sua campanha eleitoral e ontem, 03, teve seu diploma de suplente da “Coligação Parauapebas nas mãos do povo” cassado pela juíza Tânia da Silva Amorim Fiúza, da 075ª Zona Eleitoral.

Com o ocorrido, a mesa diretora da Câmara deverá tornar sem efeito o ato que convocou Lidemir e expedir novo ofício convocando a suplente Terezinha de Jesus Gonçalves dos Santos (Irmã Teca), do PV, para ocupar a vaga deixada com a saída de Luzinete Batista.

Os outros quatro suplentes tomarão posse na próxima terça-feira (08), enquanto Irmã Teca, se não houver impedimento, deverá tomar posse no dia 15.

Publicidade

Relacionados