Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

Em Jacundá, Semed promove 1ª Mostra Cientifica Escolar

Objetivo foi despertar nos alunos o interesse pela atividade científica além de outras habilidades intelectuais

Centenas de alunos da rede municipal de Educação participaram da 1ª Mostra Cientifica das escolas municipais de Jacundá. A Feira de Ciências aconteceu na sexta-feira, 28, no Ginásio Poliesportivo Padre Humberto Railland, com o tema: Tecnologia, Sustentabilidade e Inclusão Social. Organizado pela secretaria de Educação, com apoio da Prefeitura Municipal de Jacundá e Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa).

Despertar nos alunos o interesse pela atividade científica e desenvolver o espírito científico, o pensamento lógico e o senso experimental dos alunos, fazendo com que eles possam trabalhar a criatividade e a capacidade inventiva e investigadora, executando projetos científicos, auxiliando, assim, na construção do conhecimento. Esse foi objetivo do evento que reuniu pais, alunos e professores e público durante a tarde de sexta-feira.

A secretária de Educação, Leila Barbosa, disse que os jovens estudantes foram incentivados a pensar em propostas que ajudassem a comunidade e ainda fossem pioneiras na utilização de recursos de tecnologia. “O resultado são trabalhos nas áreas de meio ambiente, ciências exatas, biológicas e humanas, além de outros”.

Veja também:  Tomate e cebola são vilões da inflação em Marabá

A programação contou com apresentações de experimentos desenvolvidos com diversos materiais, pondo em prática os conhecimentos adquiridos pelos alunos em sala de aula, e no laboratório.

“A escola é um espaço que nos estimula a criar e fazer a diferença. Os trabalhos científicos produzidos por nós mostram que estamos no caminho certo ao associar novas ferramentas de aprendizagem ao projeto de vida dos jovens”, diz a aluna Franciely Lourenço.

Entre os trabalhos apresentados ao público está o da escola Raimundo Ribeiro de Souza, por exemplo, que apresentou temas nas áreas de Leitura e Escrita, amostragem de Química e Física e sustentabilidade. Enquanto “As Plantas Medicinais: Cultura E Ciência” coube a escola Rosália Correia.

“Transformando Materiais Recicláveis em Brinquedos, Materiais de Decoração e Utilidades” abraçou a escola do Centro Comunitário. A escola Ester Andrade teve inspiração nas sobras de alimentos e levou à feira de ciência o “Reaproveitamento dos Alimentos: Um Caminho Saudável para a Sustentabilidade”.

Deixe uma resposta