Deputado Bordalo solicita decretação de lockdown na RMB

O parlamentar protocolou moção e o pedido será oficializado para o Governador do Pará, Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça e Defensoria Pública
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Região Metropolitana de Belém (RMB) continua sendo o epicentro da disseminação pelo novo Coronavírus. Diante do crescente número de óbitos o deputado Bordalo apresentou requerimento solicitando decretação de lockdown na RMB.

O pedido será oficializado ao Governador do Pará, Helder Barbalho, ao Ministério Público Estadual, ao Tribunal de Justiça do Estado e a Defensoria Pública Estadual.

O Maranhão será o primeiro estado brasileiro desde o início da pandemia de Covid-19 a adotar a medida. A partir de amanhã, dia 5 de maio, quatro cidades do Maranhão terão bloqueio de suas atividades não essenciais.

O chamado lockdow, medida de bloqueio total de atividades não essenciais, é determinada por lei ou por decisão judicial, logo não se trata de mera recomendação. Torna-se eficaz, pois reduz a curva de casos, desacelerando o contágio e ao mesmo tempo desafogando o sistema, diminuindo o crescente número da doença e de óbitos.

O requerimento apresentado pelo parlamentar se fundamenta em dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que aponta que o Estado do Pará “apresenta um dos maiores ritmos e tendência de crescimento no número de casos por Covid-19 no Brasil. A Fiocruz aponta que o Pará registrou, entre os dias 12 e 16 de abril, um crescimento de 18% no número de casos de Covid-19”.

Ainda segundo a moção a RMB é o epicentro da doença. Até o dia 1° de maio a capital havia registrado 1.792 casos da Covid-19 e 156 mortes, ontem (03) Belém já contava com 2.087 casos e 181 óbitos. Um salto de 294 novos casos em três dias.

Publicidade