Covid-19: Somente serviços essenciais a partir de terça-feira em Jacundá

Decreto do prefeito Ismael Barbosa tem o objetivo de diminuir as aglomerações de pessoas em locais púbicos e privados, prevenindo a contágio do Coronavírus
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Com exceção de postos de combustíveis, supermercados, açougues, padarias e congêneres, os demais estabelecimentos comerciais estarão fechados a partir desta terça-feira (24), em Jacundá. A medida tem como objetivo prevenir e controlar o contágio do Covid-19 no município.

O Decreto 025, publicado no dia 21 de março, e assinado pelo prefeito Ismael Barbosa, traz as últimas determinações para diminuir aglomerações de pessoas em locais públicos e privados. Desde a semana, setores não essenciais da administração municipal estão com as atividades suspensas.

No último decreto, “como medida de prevenção e proliferação do vírus, ficam suspensos, até o dia 31 de março, as atividades dos estabelecimentos comerciais de médio e grande porte, indústria de todo tipo e gêneros, restaurantes [com exceção do serviço de pronta entrega], e ainda salões de beleza, academias, bares e lanchonetes”.

Estão autorizados a funcionar normalmente os prestadores de serviços voltados à saúde, como hospitais, clínicas, laboratórios e farmácias e drogarias. E devem seguir as seguintes recomendações, número reduzido no interior dos estabelecimentos, não permitir a venda de produtos superior à normal, evitar aglomerações e aproximação de clientes, além de oferecer higienização na entrada e saída das pessoas.

(Antonio Barroso)

Publicidade