Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Carajás é goleado pelo Vasco na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O time paraense, da Ilha do Outeiro, até saiu na frente, mas não aguentou a força dos garotos vascaínos

O Carajás Esporte Clube não teve a mesma sorte que o Clube do Remo. Na estreia pela 50ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o time paraense foi goleado, por 4 a 1, para os garotos do Vasco da Gama. A partida foi válida pela 1ª rodada do Grupo 27 da competição e realizada na tarde desta sexta-feira (4), no Estádio Joaquim de Morais Filho, conhecido como do Joaquinzão, em Taubaté.

O time paraense da Ilha de Outeiro, o chamado Pica-Pau, até que começou bem a partida e abriu o placar com gol de Juninho, aos 9 minutos de bola rolando. O time do Vasco resolveu acordar na partida e foi para cima do adversário. Após boa tabela do ataque cruzmaltino, a bola chegou até Lucas Santos, que chutou de fora da área para deixar tudo igual, 1 a 1, aos 12 minutos.

Daí em diante, só deu Vasco. A equipe carioca quase desempatou com Talles, que de frente para o gol adversário, chutou para fora. Em uma roubada de bola cruzmaltina, o volante Caio Lopes mandou por cima da meta adversária. A pressão vascaína era grande em busca do segundo gol. Em uma bola na área, Tiago Reis chutou cruzado e parou na defesa do goleiro Hiago, que salvou com os pés, na sobra Lucas Santos cruzou e a zaga do Carajás cortou para escanteio.

A pressão resultou na virada vascaína. João Pedro cobrou escanteio pela direita, Tiago Reis subiu de cabeça no primeiro pau, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro, aos 34 minutos, 2 a 1. Não demorou muito para o Vasco ampliar com um gol parecido. Lucas Santos cobrou escanteio pela esquerda e Caio Lopes subiu na primeira trave e ampliou para 3 a 1, aos 42 minutos do 1° tempo.

Na etapa final, os vascaínos marcaram logo com um minuto de bola rolando, com o volante Caio Lopes, que recebeu passe na frente e tocou na saída do goleiro Hiago, 4 a 1. O lance que chamou a atenção na partida e para os empresários de plantão, foi do camisa 10 do Vasco da Gama, Lucas Santos, que em uma linda jogada individual, o atleta vascaíno driblou três adversários e cruzou, a zaga fez o corte. A jogada levantou os torcedores do Gigante da Colina nas arquibancadas do Estádio do Joaquinzão, em Taubaté.

Veja também:  Clube do Remo vence o Visão Celeste na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O Vasco não deixava o adversário chegar e continuou atacando. Coutinho fez cruzamento da esquerda, o goleio Hiago não conseguiu cortar, a bola ficou com João Pedro que rolou para o chute de Tiago Reis, desviando na zaga do Carajás e se perdendo pela linha de fundo. O quinto gol quase saiu quando João Pedro cobrou escanteio e Ulisses cabeceou para fora. Nas poucas chances que teve, o time do Pica-Pau não soube aproveitar. Em uma falta que era para ser ensaiada, dois jogadores se atrapalharam, Bambam e Tiago, mesmo assim Bambam conseguiu cruzar e a zaga do Vasco cortou o perigo.

Os garotos do Vasco mostraram muita raça e vitalidade em campo. Em uma roubada de bola na intermediária, Vinicius tabelou com Laranjeira, recebeu na frente e ainda conseguiu cruzar, a zaga do Carajás cortou. No lance seguinte, o zagueiro Jorge do Carajás cortou e quase marcou gol contra, o goleiro Hiago teve que se esticar todo e jogar para escanteio. Era um massacre vascaíno. Lucas Santos cruzou e Werick se antecipou e desviou, mas parou na boa defesa de Hiago. Placar final: Vasco 4 x 1 Carajás.

Com a goleada, o Vasco assumiu a liderança do Grupo 27, com três pontos. O Taubaté-SP também tem três pontos, após vencer o Tubarão-SC, por 2 a 1, mas fica em segundo pelo saldo de gols. Tubarão-SC e Carajás, são os lanternas com zero ponto cada. A 2ª rodada do grupo será na próxima segunda-feira (7) com as partidas entre Taubaté x Carajás, às 13h30, e Tubarão x Vasco, às 15h30, ambas no horário de Brasília e no Estádio Joaquim de Morais Filho, conhecido como do Joaquinzão, em Taubaté.

                                                           Por Fábio Relvas / Foto: Danilo Sardinha do GloboEsporte.com

Deixe uma resposta